! EDP quer reduzir contas de energia em R$ 600 milhões - 27/05/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

27/05/2009 - 15h27

EDP quer reduzir contas de energia em R$ 600 milhões

Lisboa, 27 mai (Lusa) - A Energias de Portugal (EDP, controladora da Energias do Brasil) prevê reduzir a fatura energética dos portugueses em 212 milhões de euros (mais de R$ 600 milhões no câmbio atual) até o final de 2010, o equivalente ao consumo médio anual de quase um milhão de famílias.

O programa Eco 2009-2010, apresentado em Lisboa pela EDP nesta quarta-feira, prevê ainda evitar neste ano e no próximo as emissões de 927 quilotoneladas de dióxido de carbono, gás causador do efeito estufa, o que corresponde às emissões de 124 mil portugueses.

No programa Eco para este biênio, que inclui a distribuição em massa de 3,3 milhões de lâmpadas econômicas em bairros sociais, escolas, hipermercados e empresas e a divulgação de conselhos de eficiência energética, a EDP prevê gastar cerca de 20 milhões de euros, incluindo 14,3 milhões comparticipados pela Entidade Reguladora de Serviços Energéticos (Erse).

A empresa estima que o programa Eco provoque uma redução de custos energéticos em Portugal de 87 milhões de euros em 2009 e 125 milhões em 2010, que equivalem ao consumo médio anual de 958 mil portugueses.

Em relação às emissões, a EDP prevê que o plano evite emissões de 370 quilotoneladas de gás carbônico este ano e 557 quilotoneladas no próximo.

Iniciativas

Uma novidade para este ano é a instalação de 1.600 relógios astronômicos, que controlam 400 mil pontos de iluminação pública. Estes equipamentos ajustam a luminosidade dos postes à luz natural, conforme a hora do dia.

Outra novidade é a distribuição de aparelhos eCube, uma tecnologia inovadora para ser instalada em geladeiras e refrigeradores, que simula a temperatura dos alimentos e não do ar ambiente, dando indicações de ligar ou desligar ao termostato do aparelho.

Na prática, diz a EDP, o eCube impede que os equipamentos sejam ligados muitas vezes desnecessariamente. A empresa pretende distribuir eCubes em 24.800 instalações industriais e de serviços.

O plano Eco para 2009-2010 ainda inclui a instalação de 15.500 conjuntos de lâmpadas eficientes em empresas industriais e 45 mil conjuntos em edifícios escolares.

A EDP também conta traduzir para o braile o Guia de Eficiência Energética e traduzir o site Eco para o inglês.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host