! União Europeia financia produção de banana em Cabo Verde - 28/05/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/05/2009 - 18h40

União Europeia financia produção de banana em Cabo Verde

Cidade da Praia, 28 mai (Lusa) - Cabo Verde vai relançar a cultura da banana e diversificar a produção agrícola na Ilha de Santiago, depois de a União Europeia ter se comprometido a apoiar um projeto nesse segmento avaliado em 500 mil euros (R$ 1,39 milhão).

O financiamento, acrescido de 100 mil euros (R$ 279 mil) avançados pelo governo cabo-verdiano, vai permitir a introdução de culturas in vitro e apostar nas novas tecnologias de irrigação para lutar contra a praga da bananeira, disse o ministro cabo-verdiano do Meio Ambiente, José Maria Veiga.

A cultura da banana em Cabo Verde, fruto que já foi essencial na dieta alimentar local, tem enfrentado graves problemas nos últimos anos, principalmente devido às sucessivas pragas, à falta de água para irrigação e à degradação ambiental.

O projeto terá início em junho, no interior da ilha de Santiago, sendo Santa Cruz a região que servirá de embrião para as cerca de 41 mil plantas de bananeiras importadas para a experiência, a realizar num terreno de aproximadamente 15 hectares.

José Maria Veiga disse que trata de um projeto que irá permitir um trabalho de fundo com os agricultores com a introdução de um pacote tecnológico, onde a tarefa de capacitação e sensibilização serão essenciais para obter sucesso.

Projeto

O chefe da delegação da Comissão Europeia em Cabo Verde, Josep Coll, afirmou que o financiamento do projeto visa ajudar o arquipélago no combate às pragas da banana, sendo essa a razão da introdução de novas variedades da espécie, bem como de mangas e ananás.

"Dentro da cooperação que temos com este ministério, pensamos na necessidade de se agir rápido, pois trata-se de um setor importante para a economia do país e de muitas famílias da Ilha de Santiago", disse Josep Coll.

Os trabalhos serão supervisionados pelo Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário (Inida) e terão a duração de cinco anos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host