! Emirados querem empresas lusas em cidade sustentável - 03/06/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/06/2009 - 20h03

Emirados querem empresas lusas em cidade sustentável

Abu Dhabi, 3 jun (Lusa) - O ministro português da Economia, Manuel Pinho, anunciou que as empresas portuguesas de energia e telecomunicações foram convidadas a se instalarem na cidade sustentável de Masdar, um projeto do governo de Abu Dhabi, com conclusão prevista para 2016.

"Gostaram do exemplo português que não é só teoria, é prática. Além dos números serem impressionantes, há muitas empresas aptas a fornecerem serviços. Não é só uma EDP ou uma REN, há outras que foram convidadas a se instalar cá", revelou o ministro da Economia.

Pinho falava no final da reunião com os representantes da Masdar, a primeira cidade 100% sustentável, um investimento de US$ 22 bilhões, que pretende atrair empresas de todo o mundo para ser uma referência mundial na área de energias renováveis.

É nesta cidade projetada por Norman Foster que o Governo de Abu Dhabi pretende instalar a Agência Internacional de Energias Renováveis, caso consiga vencer a batalha travada com três países europeus (Alemanha, Áustria e Dinamarca) para ser a sede do organismo.

Além do convite às empresas portuguesas, o ministro português agradeceu o convite que recebeu para ser orador especial na conferência anual sobre energias renováveis, programada para janeiro, na capital dos Emirados Árabes Unidos.

Manuel Pinho defendeu que, depois de conquistarem o norte da África, as empresas portuguesas, principalmente as energéticas, têm o caminho aberto para crescer nos países árabes, defendendo, no entanto, que o esforço de articulação tem que ser alimentando ao longo do tempo.

"Numa primeira fase da diplomacia econômica, ganhamos um pé muito mais firmeza em países como Tunísia, Marrocos, a Argélia e Líbia. Agora, apostamos nos países do Golfo e penso que a missão está a correr muito bem, mas, depois desta visita, tem que se manter o foco no mercado em vez andarmos a dispersar as atenções", ressaltou Pinho.

Na quinta-feira, a visita oficial aos Emirados Árabes Unidos prossegue em Dubai, estando marcada uma demonstração no Ministério da Educação de duas tecnologias portuguesas: o computador Magalhães, da JP Sá COuto, e a Plataforma Camões, criada pela Microfil.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host