! Porto é único vinho luso conhecido na França, diz especialista - 04/06/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

04/06/2009 - 10h35

Porto é único vinho luso conhecido na França, diz especialista

Viseu, 4 jun (Lusa) - A especialista francesa da área da viticultura, Nathalie Ollat, disse nesta quinta-feira em Viseu que o vinho do Dão é "muito pouco conhecido na França", onde os vinhos portugueses se resumem à marca Porto.

"Os franceses conhecem muito mal os vinhos estrangeiros em geral", disse a pesquisadora do Institut National de la Recherche Agronomique (Inra) francês, com base em Bordeaux.

"Em Portugal, o único vinho que os franceses conhecem é o do Porto", acrescentou Nathalie Ollat, que participou hoje no "Unbottled - 1º Congresso Internacional dos Vinhos do Dão - Inovação e Desenvolvimento", que ocorre em Viseu até sábado, e onde partilhou experiências em torno da viticultura francesa.

Apesar de conhecer as regiões vitivinícolas portuguesas, a especialista confessou que "não tinha grande noção do tipo de vinhos produzidos na região do Dão".

Nathalie Ollat considerou, no entanto, ser "necessário que esses vinhos consigam chegar ao mercado francês".

A especialista frisou que, para que os vinhos portugueses, e em especial o do Dão, passem a ser conhecidos na França, é preciso dar início a "uma campanha de publicidade onde se passe a mensagem de que os vinhos portugueses não são apenas os vinhos do Porto".

"Esta seria uma das formas de mostrar toda a delicadeza dos vinhos brancos portugueses, por exemplo. Se perguntar aos franceses se sabem se há bons vinhos brancos em Portugal, pensam que, como se trata de um país mais quente, não é possível que se produzam bons vinhos brancos", concluiu.

Na sessão de abertura oficial do congresso, o presidente da Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Dão, Valdemar Freitas, citou que é preciso encarar o setor dos vinhos com otimismo, apesar da crise que se faz sentir e à qual também não escaparam.

"De uma vez por todas, devemos extrair do passado os mais importantes ensinamentos. É tempo de deitar para trás das costas as lamúrias", frisou.

Valdemar Freitas considera que "é fundamental cerrar fileiras, para que a CVR do Dão volte a ser sinônimo de prestígio e garantia de qualidade", defendendo para isso a necessidade de "conquistar cada vez mais mercados, mais nichos de mercado e sobretudo mais bons vinhos.

O "Unbottled - 1º Congresso Internacional dos Vinhos do Dão - Inovação e Desenvolvimento", que ocorre em Viseu até sábado, é uma organização da CVR Dão, em parceria com a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro, Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior Agrária de Coimbra e tem o apoio da ViniPortugal.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host