! Embraer lança 'pedra inicial' de sua fábrica portuguesa - 25/07/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

25/07/2009 - 10h57

Embraer lança 'pedra inicial' de sua fábrica portuguesa

Évora, 25 jul (Lusa) - A primeira pedra do novo centro de excelência que a Embraer pretende instalar em Évora será lançada neste domingo, prevendo um investimento inicial de 148 milhões de euros e a criação de 570 postos de trabalho diretos.

"É uma nova página que se abre na cidade e na região do Alentejo", considerou neste sábado o prefeito de Évora, José Ernesto Oliveira, em declarações à Agência Lusa.

A cerimônia, marcada para as 11h30 (8h30 no Brasil) de domingo, vai decorrer junto ao aeródromo municipal de Évora, contando com a presença do primeiro-ministro português José Sócrates, do presidente executivo da Embraer, Frederico Fleury Curado, do prefeito José Ernesto Oliveira e de membros do Governo.

A empresa brasileira pretende instalar duas fábricas no parque industrial aeronáutico de Évora, uma delas de estruturas metálicas (asas) e outra para produzir materiais compostos (caudas), sendo que as unidades serão dedicadas inicialmente ao suporte logístico de jatos executivos.

Em entrevista à Agência Lusa, sexta-feira, no Brasil, o vice-presidente da fabricante aeronáutica, Luís Carlos Affonso, explicou que os primeiros modelos a serem atendidos pela unidade de Évora serão os jatos Legacy 450 e Legacy 500, cujos lançamentos estão previstos para 2011.

O responsável disse ainda que o início de funcionamento da nova unidade de Évora, inicialmente previsto para 2012/2013, coincide com o início das entregas dos dois novos modelos.

"Trata-se da concretização de um projeto no qual a prefeitura de Évora se empenhou há muito tempo e que agora vê coroado esse esforço", disse José Ernesto Oliveira, assegurando que o projeto aeronáutico "vai lançar novos e grandes desafios à cidade e à região do Alentejo".

Lembrando que "houve muita gente que duvidou e quase que se atreveu a querer gozar com a possibilidade de concretização deste projeto", o prefeito alentejano reclamou que "é uma vitória sobre a descrença e sobre os velhos do Restelo".

"É também uma vitória pessoal, no sentido em que me empenhei, pessoalmente, na concretização deste projeto", disse, afirmando que, "acima de tudo, é uma vitória para a cidade e para a região".

Antes do lançamento da primeira pedra do novo centro de excelência da Embraer, será inaugurado, às 10h30 o parque da indústria aeronáutica de Évora, com 107 hectares, junto ao aeródromo municipal.

Quanto ao futuro da nova infra-estrutura, José Ernesto Oliveira salientou que "apenas o tempo dirá até onde é que vai", já que existem, neste momento, outras unidades industriais interessas em se instalar em Évora.

Os investimentos da Embraer em Portugal foram anunciados durante a última cúpula da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), na presença do presidente Lula, e do primeiro-ministro, José Sócrates.

A Embraer é a segunda maior empresa exportadora do Brasil e, no seu setor de produção, já construiu mais de quatro mil aviões, que operam em cerca de 70 países de cinco continentes.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host