! EDP quer ampliar presença na energia eólica brasileira - 29/07/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

29/07/2009 - 08h40

EDP quer ampliar presença na energia eólica brasileira

Madri, 29 jul (Lusa) - A EDP Renováveis planeja adquirir entre 300MW e 400MW de potência no leilão de energia eólica que as autoridades brasileiras vão abrir em novembro, admitindo parcerias com as brasileiras Petrobras e Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG).

A presidente da companhia portuguesa, Ana Maria Fernandes, admitiu a possibilidade de entrar no primeiro leilão que as autoridades brasileiras vão lançar para 13.300 MW de potência eólica.

"A Petrobras e a CEMIG têm o impacto institucional, nós temos o know-how neste setor e a capacidade de negociar turbinas a nível mundial", disse.

"Juntando esforços, podemos não fazer um consórcio, mas sim uma associação específica para esse fim. Depois, se tivermos sucesso, formalizaremos de acordo com a lei brasileira a eventual parceria que daí venha a resultar", acrescentou.

Preço atrativo

Fernandes disse ainda que a EDP Renováveis espera que os preços não sejam impeditivos.

"Espera-se que, nesses leilões, os preços não sejam demasiado elevados e, para isso, é preciso incluir fatores de carga bastante elevados, com muitas horas de recurso", afirmou.

"Os projetos que a Petrobras e a CEMIG têm em carteira parecem-nos muito interessantes desse ponto de vista", acrescentou.

Atualmente, a EDP Renováveis tem uma capacidade instalada no Brasil de apenas 14 MW.

Nos primeiros seis meses do ano o lucro da EDP Renováveis subiu 32% para 65,6 milhões de euros em relação ao mesmo período do ano passado.

Este crescimento foi sustentado pelo aumento da capacidade instalada da empresa, que conduziu ao crescimento da produção de eletricidade e dos resultados financeiros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host