! Entidade prevê sequência negativa para construção lusa - 19/08/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

19/08/2009 - 12h54

Entidade prevê sequência negativa para construção lusa

Lisboa, 19 ago (Lusa) - A produção do setor português da construção deverá manter uma evolução negativa até o final do ano, apesar de em agosto o segmento da engenharia civil ter registrado um aumento, anunciou nesta quarta-feira a federação do setor.

De acordo com a síntese de conjuntura de agosto da Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP), "a produção do setor da construção deverá manter em 2009 o seu perfil de evolução negativo, prolongando por mais um ano a crise já demasiado longa que vem atravessando".

Os diferentes segmentos do setor registraram comportamentos distintos em julho, com a produção de edifícios residenciais e não residenciais privados apresentando uma "acentuada quebra na produção" e os edifícios não residenciais e obras de engenharia (ambos associados ao investimento público) demonstrando um "forte potencial de crescimento".

A Federação da Construção realça que, nos primeiros seis meses do ano, o número de moradias licenciadas registrou uma quebra de 50%, enquanto a área licenciada para construção de edifícios não residenciais sofreu uma redução de 28,5%.

A FEPICOP cita que, "de todos os segmentos de atividade, o único que mantém uma elevação positiva desde finais desde finais de 2008 é o da engenharia civil, assistindo-se mesmo a um reforço dessa tendência nos últimos meses".

A confiança dos empresários do setor voltou a cair em julho, tocando um nível mais baixo do que a média registrada na zona euro.

Em relação ao emprego, a FEPICOP informa que nos últimos três meses a taxa de crescimento do número de desempregados do setor da construção foi muito superior à do número de desempregados da economia.

O número de desempregados do setor da construção disparou 74% nos últimos três meses, enquanto o número de desempregados da economia aumentou 29%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host