! Crise derruba exportações moçambicanas no 1º trimestre - 21/08/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

21/08/2009 - 08h51

Crise derruba exportações moçambicanas no 1º trimestre

Maputo, 21 ago (Lusa) - O volume de exportações de Moçambique diminuiu 36% no primeiro trimestre deste ano, atingindo 243 milhões de euros, devido à crise econômica, indicou nesta sexta-feira o presidente do Instituto de Exportações de Moçambique (IPEX), João Macaringue.

Segundo ele, no primeiro trimestre do ano passado, as exportações moçambicanas atingiram 380 milhões de euros.

A queda nas exportações entre janeiro e março deste ano foi influenciada pela redução das vendas de alumínio, gás natural e eletricidade, que são os principais produtos da pauta moçambicana.

"Esta queda deriva da conjuntura internacional. Houve problemas relacionados com combustíveis na primeira fase e agora a crise financeira. Como a maior parte dos nossos produtos continua a ser exportada em bruto, a vulnerabilidade das exportações do país a choques externos é maior", declarou o presidente do IPEX.

Para inverter a tendência negativa seguida pelas exportações nos últimos meses, Macaringue defendeu a aposta em novos produtos, principalmente da agricultura, realçando a importância de "acrescentar valor" a essa categoria.

"É preciso trabalhar em toda a cadeia de produção de modo a aumentar a qualidade, quantidade, a previsibilidade da sua produção, mas acima de tudo a certificação de qualidade, embalagem ou empacotamento para que estes bens acedam a mercados mais exigentes como são os casos da Europa e América", disse.

Porém, Macaringue reconheceu que "a situação das exportações não se vai alterar grandemente até ao final do ano, porque economias marginais, como a de Moçambique, vão levar muito mais tempo a sofrer os efeitos da crise".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host