! Construtora Mota-Engil lucra 18,3 mi de euros no 1° semestre - 31/08/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

31/08/2009 - 14h53

Construtora Mota-Engil lucra 18,3 mi de euros no 1° semestre

Lisboa, 31 Ago (Lusa) - O grupo português Mota-Engil registrou um lucro atribuível de 14,3 milhões de euros (R$ 38,29 milhões no câmbio atual) no primeiro semestre deste ano, contra 14,1 milhões de euros (R$ 37,76 milhões) nos primeiros seis meses de 2008.

O volume de negócios, nos primeiros seis meses de 2009, cresceu 14%, atingindo 957 milhões de euros (R$ 2,56 bilhão), tendo a evolução sido possível devido ao crescimento verificado em todas as áreas de negócios, cita a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O resultado líquido atribuível ao grupo - excluindo itens não recorrentes do grupo Martifer - chegou assim aos 14,3 milhões de euros, com o volume de negócios na área da Engenharia e Construção a chegar aos 753,1 milhões de euros, a área de meio ambiente e serviços registrando um volume de 155,7 milhões de euros e as Concessões de Transportes 55,8 milhões de euros.

O "crescimento da margem Ebitda (resultados antes de juros, taxas, depreciações e amortizações) na área de Engenharia e Construção nos seis primeiros meses do ano face ao mesmo período de 2008, aliado ao crescimento do volume de negócios neste segmento, possibilitou a obtenção de uma boa performance operacional consolidada (142 milhões de euros em 2009, comparado com 131 milhões de euros em 2008)", informa o comunicado da empresa.

O endividamento líquido total atingiu 2,16 milhões de euros, dos quais 1,01 milhão de euros sem recurso.

No primeiro semestre deste ano, "os resultados contribuíram negativamente em 58 milhões de euros para o resultado líquido do grupo, o que representa um crescimento de cerca de 2% face a idêntico período de 2008", diz o comunicado.

A empresa indica que apesar do endividamento ter crescido em relação a período idêntico de 2008, as taxas de juros praticadas pelo mercado sofreram uma queda, razão pela qual os resultados financeiros não sofreram um impacto negativo significativo.

Assim, o resultado líquido atribuível ao Grupo atingiu, no primeiro semestre deste ano, 57,8 milhões de euros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host