UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2009 - 08h59

China amplia presença no setor petrolífero angolano

Pequim, 14 set (Lusa) - A China vai comprar por 1,3 bilhão de euros uma participação de 20% num bloco petrolífero de Angola, revelou uma publicação oficial chinesa.

Trata-se do bloco 32, que cobre uma área de cerca de 5 mil quilômetros quadrados, e tem também participações de empresas de Portugal, França, Angola e Estados Unidos, adianta a edição de setembro da revista China Business International, publicada pelo Ministério chinês do Comércio.

A aquisição será feita da empresa norte-americana Marathon Oil Corporation por um consórcio estatal chinês constituído pela Sinopec e a CNOOC, que são, respectivamente, a maior refinaria e o maior produtor de petróleo da China.

A Galp tem uma participação de 5% no mesmo bloco, a Sonangol 20%, a Exxon Móbil 15%, a Total 30% e a Marathon Oil Corporation os restantes 10%.

Devido ao petróleo, Angola é hoje o maior parceiro comercial da China no continente africano.
Hospedagem: UOL Host