UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/09/2009 - 12h11

Premiê luso fala em 'sinal animador do início do fim da crise'

Paris, 17 set (Lusa) - O primeiro-ministro português, José Sócrates, afirmou nesta quinta-feira em Paris que os "sinais animadores" da economia indicam "o início do fim da crise".

"Há cinco meses consecutivos que a confiança dos consumidores e agentes econômicos não pára de melhorar e todos nós sabemos como isso é importante para a recuperação da economia", afirmou José Sócrates.

"É o fim da crise? Não. Mas é o início do fim da crise", defendeu o líder socialista.

José Sócrates salientou que "Portugal foi um dos primeiros países europeus a sair da recessão técnica. Saímos ao mesmo tempo que a França".

São, para o premiê, os "primeiros sinais animadores. As coisas portanto começam a melhorar".

José Sócrates falava num almoço de campanha para eleições legislativas portuguesas com a comunidade lusa na França, num hotel da capital francesa.

A curta passagem por Paris foi mantida pelo dirigente socialista fora do âmbito das suas funções de primeiro-ministro e enquadrada estritamente na agenda da campanha para o pleito.

"Tenho-me empenhado em dizer ao país que é preciso combatermos a crise econômica, mas modernizando", defendeu José Sócrates perante algumas dezenas de portugueses.
Hospedagem: UOL Host