UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/09/2009 - 10h08

Banco português prepara entrada no mercado moçambicano

Maputo, 25 set (Lusa) ? O Banco Espírito Santo (BES) deve formalizar em breve o pedido de autorização para entrar no mercado moçambicano, anunciou em Maputo o presidente executivo da instituição, Ricardo Salgado.

"O pedido já foi feito, mas temos que o formalizar ao nível das autoridades moçambicana e portuguesa. O Banco de Portugal tem que nos dar uma autorização prévia para a nossa vinda a Moçambique, e acreditamos que não hajam problemas", disse Ricardo Salgado, citado pelo jornal O País.

O presidente do BES, uma das mais importantes instituições financeiras privadas de Portugal, reuniu-se quinta-feira com o ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, e com o administrador do Banco de Moçambique, Ernesto Gove.

"Acreditamos que o encontro tenha sido positivo. Ficamos com o sentimento de abertura ao nosso grupo para voltar a Moçambique e contribuir para o desenvolvimento social e econômico do país", disse Ricardo Salgado.

Ricardo Salgado, segundo o jornal, explicou que o BES está ainda estudando a modalidade de exploração do mercado moçambicano, se na base de parcerias se com entrada direta.

"Sabemos que os grandes desafios que Moçambique tem pela frente são na área de infra-estruturas, e aí o nosso banco de investimento é dos mais fortes na Europa. E podemos também dar a nossa contribuição neste campo a Moçambique", disse Ricardo Salgado.

Ainda citado pelo O País, Ricardo Salgado explicou que a entrada do BES em Moçambique começa assim que haja uma decisão por parte das autoridades moçambicanas e que tenha sido escolhido o modelo e a forma de o banco entrar no país.

"Gostaríamos que isso fosse o mais rápido possível", disse Ricardo Salgado.
Hospedagem: UOL Host