UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/09/2009 - 16h32

Greve de pilotos da TAP cancelou 130 voos, diz sindicato

Lisboa, 25 set (Lusa) - A greve de dois dias dos pilotos da TAP teve uma adesão de 98% que levou ao cancelamento de 130 voos, afirmou nesta sexta-feira o Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC) de Portugaç no balanço final da paralisação.

"Mais de 98% dos pilotos aderiram a esta ação, cancelando 65 serviços de voo (equivalentes a cerca de 130 voos) e demonstraram de forma pública e notória o seu descontentamento perante a insensibilidade e a intransigência reveladas pela administração da TAP", cita o sindicato em comunicado.

O sindicato dos pilotos informa que com esta greve se conclui a primeira fase do processo de revisão do Acordo de Empresa dos pilotos, à qual se segue uma segunda fase que antecipa um processo "longo e difícil".

"Nesta fase não é claro que a administração da TAP tenha compreendido a totalidade das implicações desta adesão", afirma o sindicato.

O sindicato diz que os pilotos "podem esperar da administração da TAP a reincidência nas usuais manobras dilatórias evidenciadas na falta de objetividade com que participou nas infrutíferas negociações".

"Os pilotos não vão continuar a subsidiar os erros estratégicos decididos pela administração da TAP", conclui o sindicato agradecendo aos "passageiros a compreensão pelos eventuais problemas causados pela greve".
Hospedagem: UOL Host