UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/11/2009 - 11h37

Empresário luso se torna representante das taças Riedel

Porto, 1º nov (Lusa) - Conhecida pela sua ligação ao vinho, como produtores e enólogos, a família portuguesa Symington se tornou representante de um dos mais famosos fabricantes de taças de vinho, os Riedel, objeto de uma especial prova na próxima quinta-feira.

É para mostrar que não é só o conteúdo que marca a diferença, mas também o cristal que o envolve, que se realiza esta prova de copos, em Gaia, que conta com a presença de Georg Riedel, considerado um nome incontornável no mundo do vinho e responsável pelo desenvolvimento da marca e da tecnologia dos copos Riedel.

Para os especialistas para apreciarem plenamente os diferentes tipos de castas, é essencial que a taça tenha um formato adequado ao seu uso, pois ele é responsável pela qualidade e intensidade do bouquet e pelo fluxo do vinho.

O enólogo Charles Symington explicou à Agência Lusa que "o formato de um copo é importante, influenciando a qualidade e intensidade dos aromas e que o espaço para respirar deve ser escolhido de acordo com a personalidade do vinho ou aguardente".

Assim, segundo o enólogo, vinhos tintos pedem taças maiores. Já os brancos se dão melhor com o tamanho médio.

A degustação será feita em Gaia, com taças Riedel e servirá para "mostrar o copo ideal para cada tipo de vinho".

"Não existe ninguém melhor no mundo para dar uma prova deste gênero do que Georg Ridel, que lidera uma empresa que produz copos há mais de 450 anos. São muitas gerações de experiência neste assunto", frisou Charles Symington.

Ao longo dos anos, a Riedel acumulou algumas explicações científicas sobre a razão do formato de um copo influenciar o sabor das bebidas alcoólicas.

A primeira descoberta foi feita ao apreciar vinhos. A bebida ficava completamente diferente quando servida em copos variados. A diferença era tanta que degustadores experientes foram levados a acreditar que estavam a provar vinhos diferentes.
Hospedagem: UOL Host