UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 15h44

Perdas nos bancos europeus podem chegar a 400 bi de euros

Lisboa, 3 nov (Lusa) - A indústria bancária continua "frágil" e os prejuízos das instituições financeiras poderão chegar aos 400 bilhões de euros ao longo do próximo ano, alertou nesta terça-feira a Comissão Europeia (órgão Executivo do bloco europeu).

"Apesar de vários indicadores de estresse financeiro terem regressado aos níveis que tinham antes do início da crise, o setor bancário continua frágil", revelou o executivo comunitário, na divulgação das suas previsões de outono.

Segundo a Comissão, "as eventuais perdas futuras poderão variar entre os 200 bilhões e os 400 bilhões de euros até o final de 2010 no setor [bancário]".

As projeções utilizaram como base um "teste de estresse" feito pelo Comitê dos Supervisores dos Bancos Europeus, cujos resultados foram divulgados em 2 de outubro, bem como nas previsões do Banco Central Europeu (BCE).

As estimativas sugerem que "o setor financeiro poderá sentir dificuldades em prosseguir a sua função de intermediação e apoio a uma recuperação [econômica] sustentável", reforçou o Executivo.

Já o comissário europeu para os Assuntos da União Monetária Europeia, Joaquin Almunia, admitiu que está à espera de "más notícias" no setor.

"Os mercados financeiros estão a melhorar" e "os spreads estão abaixo dos níveis que foram alcançados antes do colapso do Lehman Brothers em setembro de 2008. Isto pode mostrar-nos como o mercado financeiro, em geral, está a melhorar", considerou.

"Mas o setor bancário está ainda frágil e o crédito estagnado e estas são as más notícias", alertou, acrescentando que "as movimentações de crédito estão perto do zero e, nalguns casos, em terreno negativo", declarou Almunia.
Hospedagem: UOL Host