UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 09h38

Algarve se promove como destino para observação de aves

Faro, 4 nov (Lusa) - A Entidade Regional de Turismo do Algarve (ERTA) inicia nesta quinta-feira a campanha de promoção da região como destino de interesse para a observação de aves ("birdwatching"), produto turístico que espera ter completamente estruturado dentro de um ano.

Para assinalar o início da campanha, o presidente do Turismo do Algarve, Nuno Aires, participará de manhã numa ação de observação de aves aquáticas na Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, seguindo depois para a apresentação do projeto "Parque de Natureza de Tavira" e para uma nova observação de aves por telescópio a partir da torre do antigo arraial de pesca de Atum de Tavira.

À tarde, será feita a apresentação de um estudo encomendado pelo Turismo do Algarve à Associação Ambientalista Almargem e à Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) que identifica "cinco pontos de interesse para o 'birdwatching' no Algarve", adiantou Nuno Aires à Agência Lusa.

"Pedimos à SPEA e à Almargem para fazerem um estudo que identificasse as áreas de interesse para o 'birdwatching' e foram identificadas cinco: a Ria Formosa, a Costa Vicentina, a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, a Lagoa dos Salgados e um outro local no interior do Algarve", revelou Nuno Aires.

O presidente do Turismo do Algarve explicou que "este trabalho foi encomendado numa lógica de estruturação do produto turístico do Algarve como destino para o turismo de Natureza, do qual o 'birdwatching' é um sub-produto".

"Para dar uma dimensão desta atividade na Europa, só em Inglaterra existem quatro milhões de praticantes", frisou Nuno Aires, acrescentando que terão de ser construídos observatórios nas áreas identificadas de forma a proporcionar condições aos visitantes para a prática de 'birdwatching".

Nuno Aires disse que o Turismo do Algarve vai agora abordar as prefeituras municipais que estão nas áreas identificadas para envolvê-las nesse processo.

"Esta ação marca o arranque do projeto e vamos envolver jornalistas, operadores turísticos e empresas para dar a conhecer a dimensão do produto e o trabalho feito pela Almargem e a SPEA. E esperamos ter o produto completamente estruturado dentro de um ano", concluiu o responsável da ERTA.
Hospedagem: UOL Host