UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/11/2009 - 13h58

Estudo vê aumento no uso da web para compras em Portugal

Lisboa, 5 nov (Lusa) - Os portugueses optam cada vez pela internet para encomendar produtos ou serviços, como viagens, livros ou revistas, uma forma de compra já utilizada por 9,7%, revelou nesta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE) luso.

O Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias cita que, no primeiro trimestre, 9,7% dos indivíduos entre 16 e 74 anos fizeram encomendas online, ou seja, 20,9% dos usuários da internet.

"A proporção de indivíduos que efetuaram encomendas pela internet tem vindo a aumentar nos últimos cinco anos" e desde 2005 o crescimento médio anual foi de 27,6%, subida mais acentuada na comparação com o ano passado, de 52,6%, explica o INE.

O comércio eletrônico é mais frequente em Lisboa, Algarve e Alentejo, com encomendas realizadas por 13,9% das pessoas no primeiro caso, 11,2% no segundo e 10,2% na região alentejana.

Como aponta o INE, nas encomendas online são as pessoas dos 25 aos 34 anos que mais recorrem à internet, com 21,1%.

Por outro lado, apesar de existir uma menor diferença entre homens e mulheres em relação à utilização de computador e internet, a proporção de homens que fazem encomendas é superior às compras femininas em 3,5 pontos percentuais, com 11,5% contra 8%.

No entanto, é entre as mulheres que se registra um maior crescimento das encomendas pela internet sobre os dados de 2008, quando a utilização para este fim ficava nos 4,8%.

É entre os indivíduos com ensino superior que se encontram as taxas de utilização mais elevadas e 34,8% usaram a web para fazer encomendas no primeiro trimestre. Quanto à situação no mercado de trabalho, são os estudantes que mais encomendam (21,8%).

Mais de metade dos consumidores que encomendaram pela internet optou por pagar online com cartão de crédito e os produtos mais comprados foram viagens e hospedagem (48,9%) e livros, revistas, jornais e material de e-learning (ensino por via eletrônica).

Nove em cada 10 indivíduos que nunca fizeram encomendas apresentam como justificativa a preferência pelo contato pessoal com o vendedor e com o produto.
Hospedagem: UOL Host