UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/11/2009 - 13h46

Timor Leste quer se firmar como destino turístico da pesca

Díli, 5 nov (Lusa) - O presidente da República do Timor Leste, José Ramos-Horta, disse nesta quinta-feira que o país tem condições únicas para se afirmar no turismo de lazer, em especial na área do mergulho e da pesca esportiva.

"Acredito que a pesca desportiva nas águas do Timor vai ser a grande atração turística dos próximos anos, em que o país facilmente pode concorrer e bater qualquer outro destino na região da Ásia", disse o presidente.

"Não podemos concorrer com Bali, Malásia ou Tailândia em algumas áreas, mas na pesca desportiva e no mergulho, Timor Leste, dentro de pouco tempo, vai ser o destino por excelência", previu Ramos-Horta.

O chefe de Estado falava na apresentação da primeira "Competição Internacional de Pesca Desportiva de Timor-Leste", organizada pela presidência da República, com o patrocínio da Timor Telecom (TT), que vai acontecer na ilha de Ataúro entre os dias 27 e 29.

De acordo com a organização, estão inscritos mais de 100 pescadores de várias nacionalidades, principalmente de Portugal, Austrália, Nova Zelândia, Malásia e Cingapura.

Segundo Ramos-Horta, trata-se de mais uma iniciativa da presidência, com o apoio do Governo, que tem em vista "colocar Timor-Leste no mapa do mundo e transmitir uma imagem positiva das condições de paz em que hoje o país vive".

A competição de pesca internacional, nas águas do Timor Leste, entre Díli e Ataúro, tem um patrocínio da Timor Telecom superior a US$ 30 mil e uma contribuição governamental de US$ 20 mil.

Ramos-Horta agradeceu o apoio da TT, salientando que "não é a primeira vez que apoia iniciativas sociais e desportivas e humanitárias, mas este é o maior patrocínio já feito pela TT, que torna possível a realização deste evento".

Manuel Amaro, administrador da empresa do grupo Portugal Telecom, justificou o apoio por se tratar de um evento importante para mostrar as potencialidades do país e estar inserido num projeto de desenvolvimento sustentável que visa gerar oportunidade de rendimento para a população.

"Ataúro é especial para a TT porque faz agora cinco anos que foi iniciada a atividade da Timor Telecom e os serviços de telecomunicações chegaram pela primeira vez àquela ilha", disse.

"Todos os anos a TT dedica parte das suas verbas ao apoio de eventos que acredita terem impacto positivo na população e que contribuem para o desenvolvimento do país", disse.

Manuel Amaro elogiou as iniciativas do presidente da República do Timor Leste que, "através de eventos internacionais de grande dimensão está a encontrar áreas em que Timor-Leste tem grande potencial".

"É a imagem de Timor-Leste, os timorenses e as pessoas que visitam o país que saem a ganhar", concluiu.
Hospedagem: UOL Host