UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 15h24

Empresa lusa constrói hotel inspirado na cultura romana

Coimbra, 6 nov (Lusa) - Um hotel com a temática inspirada na cultura romana será construído em Penela, distrito de Coimbra, e deve ser inaugurado no final de 2010, anunciou nesta sexta-feira o promotor do investimento, António Maduro, sócio-gerente da Duecitânia Turismo Lúdico-Cultural.

A empresa é responsável por promover o investimento de cerca de 3 milhões de euros (R$ 7,6 milhões no câmbio atual), e Maduro disse à Agência Lusa que a construção da unidade, idealizada para a categoria quatro estrelas, deve começar ainda este mês.

O Hotel Dueça surgirá a partir da reforma de uma antiga fábrica de papel do século 19, de estilo neoclássico, terá 42 quartos, restaurante e spa, e "toda a decoração e ambientes serão inspirados na cultura romana".

Inserido em um espaço de "forte romanização" e no centro de uma região de "grande interesse turístico", apostando no turismo cultural, ecológico e religioso, o hotel estará bem provido em termos de acessibilidade e vai tirar partido das energias alternativas, explicou Maduro.

O estabelecimento fica localizado na Quinta da Fábrica, uma propriedade com 13 hectares, cortada pelo Rio Dueça, distante oito quilômetros da Vila Romana do Rabaçal e 13 quilômetros de Conímbriga (Condeixa-a-Nova), no noroeste de Portugal, em uma região "abundantemente recheada por vestígios da romanização".

A Duecitânia enxerga nas condições da localização "uma grande pureza ambiental", "uma notável biodiversidade do conjunto Serras de Sicó/Lousã/bacias do Dueça e Ceira" e, ainda, uma enorme variedade de formações geológicas, entre as quais se destaca a Gruta Talismã, uma das maiores do país e cuja entrada e Centro de Interpretação do Sistema Espeleológico do Dueça (Cised) se situam junto à nascente, a cerca de três quilômetros do futuro empreendimento.

Herança cultural

A empresa que promove o hotel encontra na região "um componente etnológico enriquecido pela herança cultural romana, árabe e medieval, com grande abundância de vestígios históricos capazes de documentar a presença humana desde a Pré-história até os nossos dias".

Da mesma forma, a firma chama a atenção para a futura localização do estabelecimento, "alicerçado no rio e com entrada por uma ponte, rodeado de jardins e florestas propícios ao descanso e mesmo a um certo encantamento".

"Vimos nestas condições um conjunto de vantagens competitivas, tanto para quem apenas procura sossego e serenidade, como para quem não pretende seu lazer vazio de ação e de cultura", informa um documento sobre o projeto.

O Hotel Dueça nasce no âmbito de um projeto mais amplo, que inclui outras atrações, "distintas, autônomas e separadas em termos de localização", e que consistem num parque de acampamento ou campo de férias, centro de convenções e uma área hípica, além de vários equipamentos complementares, que compreendem as componentes da formação e animação pedagógica.

Segundo Maduro, outro dos objetivos do projeto é instalar no local um complexo turístico temático inspirado na Antiguidade Clássica, especialmente focado na cultura romana, mas as primeiras obras serão o hotel e uma piscina biológica.

"Os esforços agora se concentram 100% no hotel, depois avançaremos com o campo de férias", espaço pensado para o turismo jovem que deverá funcionar já no verão de 2011, explicou o empresário.
Hospedagem: UOL Host