UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/11/2009 - 20h04

Banif fecha 3º trimestre com lucro 18,3% menor frente a 2008

Lisboa, 11 nov (Lusa) - O Banif SGPS encerrou a atividade do terceiro trimestre do ano com lucros consolidados de 40,9 milhões de euros, o que representa uma queda de 18,3% em relação ao valor obtido no mesmo período de 2008, anunciou o banco em comunicado nesta quarta-feira.

O banco, no entanto, destaca que "o perímetro de consolidação da Banif - SGPS passou a integrar, com efeitos a 30 de setembro de 2009, 100% da sociedade Tecnicrédito SGPS S/A (holding do grupo financeiro que integra, entre outras entidades, o Banco Mais S/A, especializado na área de crédito automobilístico), consolidando todos os seus ativos e passivos".

O ativo líquido totalizou 14,394 bilhões de euros até setembro, o que significa um crescimento de 13% frente ao final do terceiro trimestre de 2008.

O crédito concedido a clientes (valor bruto) subiu para 11,716 bilhões de euros, uma alta de 13,5%.

No mesmo período, o rácio de imparidade do crédito/crédito total subiu de 2,29% para 4,18%.

Os depósitos de clientes cresceram 4,5% em relação a 30 de setembro de 2008, até 6,704 bilhões de euros, enquanto os recursos totais de clientes de Balanço passaram de 8,533 bilhões de euros para 8,893 bilhões de euros, o que representa um crescimento de 4,2%, acrescentou o banco.

O cash flow de exploração consolidado alcançou 152 milhões de euros (uma alta de 5,9%), enquanto o rácio cost to income (custos de funcionamento + amortizações / produto da atividade), que se manteve praticamente igual, passou de 64,4%, no terceiro trimestre de 2008, para 64,6%, no terceiro trimestre deste ano.

A rede de pontos de venda do Banif - Grupo Financeiro passou de 474 para 576, entre 30 de setembro de 2008 e a mesma data deste ano, enquanto o número de agências bancárias em Portugal passou de 309 para 365, explica o comunicado.

Os capitais próprios (deduzidos de interesses minoritários) tiveram aumento de 44,3%, de 626,1 milhões de euros para 903,5 milhões de euros entre o final do terceiro trimestre do ano passado e o mesmo período de 2009.

O Return on Equity (ROE) ficou fixado em 9,1%, em comparação com os 11,4% do período homologo do ano anterior, enquanto o Return on Assets (ROA) atingiu 0,41%, enquanto no mesmo intervalo de 2008 foi de 0,57%.
Hospedagem: UOL Host