UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 08h45

Economia vai ter grandes desafios em 2010, diz Banco Mundial

Cingapura, 13 nov (Lusa) - A economia será confrontada em 2010 com sérios obstáculos, sobretudo desemprego em "grande escala" nos países desenvolvidos, risco de bolha de ativos e regresso ao protecionismo, advertiu nesta sexta-feira o presidente do Banco Mundial (BM).

"Se levanto esta questão é porque estamos numa fase de retoma em que a confiança é muito importante", declarou Robert Zoellick numa conferência à margem do fórum da organização Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC), que acontece em Cingapura.

"Se as bolhas bolsista e imobiliária não forem atacadas de forma adequada, corre-se o risco de minar de novo a confiança em 2010", acrescentou.

Segundo o presidente do BM, o desemprego - que se manterá elevado, em particular nos países desenvolvidos -, representará um novo perigo para os bancos, com elevado risco de inadimplência no consumo e crédito imobiliário.

Zoellick advertiu também para o risco de alguns países afetados pela crise tentarem proteger a sua economia através da reintrodução de medidas protecionistas.

Os países da APEC apelaram na quinta-feira para a resistência ao protecionismo para não ser posta em perigo a retoma econômica que se verifica na região.

Antes da cúpula de líderes marcada para sábado e domingo, os ministros das Finanças dos países da APEC se manifestaram também contra uma suspensão prematura dos planos de relançamento econômico postos em prática para lutar contra a crise, "até ser garantida uma retomada durável da demanda privada".
Hospedagem: UOL Host