UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 14h38

Iniciativa da UE visa promover produtos típicos no Japão

Vila Real, 13 nov (Lusa) - Os vinhos do Porto e Douro se uniram ao queijo e presunto italianos para conquistar o mercado japonês, em uma iniciativa que termina no sábado e visa ainda promover as denominações de origem nos produtos de qualidade e origem europeias.

O Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP) participa, desde fevereiro, de uma iniciativa comunitária que tem como objetivo promover a "Excelência Europeia" através de produtos como os vinhos, o presunto de Parma e o queijo parmigiano-reggiano.

A operação, que conta com o apoio da União Europeia, termina em fevereiro de 2011 e exige um investimento de 3,3 milhões de euros (R$ 8,4 milhões, ao câmbio atual).

Até sábado, acontecem no Japão várias ações junto ao público japonês, com o objetivo de aumentar seus conhecimentos sobre estes produtos e destacar a importância das denominações de origem nos produtos de qualidade e origem europeus e, consequentemente, incrementar suas vendas neste mercado asiático.

Nesta sexta-feira acontecem dois seminários sobre vinho do Porto para a imprensa, especializada e generalista, em Akasaka, e sobre a bebida e queijo parmigiano-reggiano no TWS de Kamiyacho.

O palestrante é Nakabayashi, embaixador de vinho do Porto e grande apoiador das atividades do IVDP no país asiático.

No sábado ocorre mais um seminário e prova de vinho do Porto e queijo parmigiano-reggiano, que tem como oradores Paulo Russell-Pinto, Yuji Baba, Simone Ficarelli e Masako.

Em 2008, as vendas de vinho do Porto caíram 7%.

Entre janeiro e setembro de 2009 foram vendidas 5,9 milhões de caixas de nove litros de vinho do Porto, em um volume de negócios de 222 milhões de euros (R$ 568,8 milhões), uma queda de 6,6% em relação ao mesmo período do ano passado.
Hospedagem: UOL Host