UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 18h59

Ministério das Finanças elogia previsão de crescimento luso

Lisboa, 17 nov (Lusa) - O Ministério português das Finanças expressou, nesta terça-feira, satisfação com a melhoria das estimativas do crescimento para 2009 divulgadas pelo Banco de Portugal (banco central português), e destacou que estas espelham a "dissipação do clima de incerteza associada às crises econômica e financeira".

"O MFAP (Ministério das Finanças e da Administração Publica) recebe com satisfação as novas estimativas do Banco de Portugal para o crescimento econômico em 2009, que refletem uma melhoria de 0,8 ponto percentual frente à última previsão apresentada por esta instituição", informou o ministério nesta terça.

"Esta revisão em alta da taxa de crescimento econômico se encontra, assim, em linha com a melhoria percebida dos indicadores econômicos, quer no nosso país quer na generalidade dos nossos principais parceiros comerciais", explicou o órgão.

O ministério destacou que esta melhoria espelha, entre outras, a "dissipação do clima de incerteza", para o qual "terão contribuído decisivamente as medidas de política de estabilização conduzidas por vários países e, no caso específico de Portugal, pelo governo português".

Nesta terça, o Banco de Portugal reviu as estimativas para o desempenho da economia portuguesa em 2009, apontando agora para uma contração de 2,7% (a projeção anterior era de 3,5%).

Para o ministério, as estimativas ainda estão em linha "com as da Comissão Europeia (Executivo da União Europeia) e apontam para um crescimento superior ao previsto para a zona do euro e para a União Europeia".

No Boletim Econômico de Outono, a Comissão calculou que a economia portuguesa sofrerá contração de 2,9% em 2009, um desempenho melhor que a média para o conjunto da zona do euro e da UE, mas também apontou para um crescimento de 0,3% para 2010, uma recuperação mais lenta que a média europeia.
Hospedagem: UOL Host