UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/11/2009 - 08h41

Entidades preveem recessão abaixo de 3% para Portugal

Lisboa, 19 nov (Lusa) - A economia portuguesa deverá passar de uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) de 3% para um crescimento já em 2010, segundo as últimas projeções das várias organizações.

O Banco de Portugal (BC luso), a Comissão Europeia e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) convergem na previsão de uma contração abaixo dos 3% neste ano.

O OCDE divulgou hoje o seu Economic Outlook revendo o crescimento da economia portuguesa neste ano, apontando agora para uma contração de 2,8%. A anterior era de 4%.

Para a organização, a economia lusa crescerá 0,8% já em 2010, e atingirá os 1,5% em 2011.

O Banco de Portugal reviu na terça-feira as suas projeções para o desempenho da economia em 2009, estimando que a quebra na produção de riqueza seja menos acentuada que nas últimas previsões.

No Boletim Econômico de Outono, o banco central português afirma que a economia deverá sofrer uma contração de 2,7%, uma melhoria de 0,8 ponto percentual em comparação à última estimativa, que era de 3,5%.

Além disso, a Comissão Europeia reviu em alta as projeções para o crescimento luso. No Boletim de Outono, Bruxelas estimou que a economia portuguesa ia recuar 2,9% neste ano, uma significativa melhoria em relação aos 3,7% previstos no Boletim de Verão da organização.

A previsão para 2010 já não é tão favorável e aposta num ligeiro crescimento de 0,3%.
Hospedagem: UOL Host