UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/11/2009 - 19h16

Governo português reitera aposta nas energias renováveis

Lisboa, 19 de nov (Lusa) - O secretário português de Estado da Energia e da Inovação, Carlos Zorrinho, reiterou nesta quinta-feira que as energias renováveis são "prioridade" para o governo com vista a um "desenvolvimento sustentável".

Na sessão de abertura da Conferência Internacional "Industry-based Bioenergy and Biorefinery", em Lisboa, o representante do governo destacou que o "aproveitamento da biomassa florestal para fins energéticos" é também uma "oportunidade" para "criação de emprego", especificamente em áreas rurais, e para a "prevenção de incêndios florestais".

A biomassa, material biológico recente que resulta de organismos vivos, como árvores mortas, é uma tecnologia energética que emite menos gases que intensificam o efeito estufa, principalmente CO2, do que a produzida a partir de fontes fósseis tradicionais, como petróleo, carvão e gás.

Para 2010, o governo estabeleceu como meta produzir 45% de energia elétrica a partir de fontes renováveis, e tem procurado concretizar este objetivo através da criação de uma rede de centrais termoelétricas a biomassa.

Zorrinho defendeu ainda o "forte impacto" que as energias renováveis têm na balança comercial portuguesa, dada a dependência do país das exportações em matéria energética, permitindo a redução do endividamento e a possibilidade de investimento em outras áreas.
Hospedagem: UOL Host