UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/11/2009 - 13h40

Linha de trem bala Porto-Vigo deve ser entregue em 2015

Lisboa, 23 nov (Lusa) - O ministro espanhol do Fomento, José Blanco López, disse nesta segunda-feira que a linha ferroviária de alta velocidade entre Porto e Vigo não deve ser concluída antes de 2015, o que significa um atraso de dois anos em relação ao que estava previsto.

"Não é possível [que a linha Porto-Vigo esteja concluída] antes de 2015", afirmou Blanco López, na coletiva de imprensa concedida após uma reunião, em Lisboa, com o ministro português das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça.

O ministro espanhol disse que será elaborado um novo estudo para o trecho entre Vigo e Porriño e destacou que o traçado definido para a linha tem uma "orografia muito complicada".

Blanco López afirmou que a ligação ainda espera a Declaração de Impacto Ambiental (DIA). Segundo ele, durante a reunião foi acertada a criação de uma comissão técnica, que ficará responsável por estudar a possibilidade de a linha Porto-Vigo, definida como mista (servirá a passageiros e mercadorias), ser destinada apenas ao tráfego de pessoas, enquanto o atual percurso será mantido para o transporte de mercadorias.

Esta comissão técnica deverá apresentar conclusões até o final do primeiro trimestre do próximo ano.

O início de exploração da linha Porto-Vigo, que terá extensão de 125 quilômetros - dos quais 100 quilômetros estarão em território português -, estava previsto para 2013, segundo dados disponíveis no site da Rede Ferroviária de Alta Velocidade (Rave).

O investimento na primeira etapa, entre Braga e Valença, é de 845 milhões de euros (R$ 2,17 bilhões, ao câmbio atual), de acordo com a empresa responsável pelo projeto de alta velocidade português.
Hospedagem: UOL Host