UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/11/2009 - 15h40

CSN compra participação em siderúrgica australiana

São Paulo, 24 nov (Lusa) - A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que controla a portuguesa Lusosider, anunciou nesta terça-feira que vai entrar no capital da Riversdale Mining, empresa australiana ligada a alguns dos principais projetos de investimento em Moçambique.

A direção da empresa brasileira aprovou a compra de até 16,3% da australiana Riversdale Mining, operação estimada em US$ 190,5 milhões.

Além disso, a Riversdale tem em andamento importantes projetos de energia e exploração de carvão na África do Sul e em Moçambique.

Em setembro, foi assinado com governo de Maputo um acordo destinado ao estudo da instalação da Central Térmica de Benga, na província de Tete, com um investimento inicial de US$ 1,3 bilhão.

O acordo prevê que a empresa inicie o estudo de viabilidade do projeto de construção de uma central termoelétrica com uma capacidade de produção inicial de 500 megawatts (MW), mas com a previsão de aumento para 2.000 MW em 2014.

O projeto que vai garantir o aproveitamento na produção de energia de cerca de 1,3 milhões de toneladas de carvão não exportável extraído da mina de Benga, Moatize (província de Tete), que iniciará atividade em 2010 ou início de 2011.

A mineração em Benga foi aprovada pelo governo em abril, implicando na primeira fase um investimento de cerca de US$ 270 milhões, que será realizado por um consórcio liderado pela Riversdale (65% do capital), que integra ainda a indiana Tata Steel (35%).
Hospedagem: UOL Host