UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/11/2009 - 16h20

Bolsa de Lisboa contraria Europa e fecha em queda

Lisboa, 25 nov (Lusa) - O principal índice da Bolsa portuguesa, o PSI-20, fechou o pregão desta quarta-feira em queda de 0,18%, para 8.465,22 pontos, em contra-ciclo com a Europa e com a maioria das empresas em terreno negativo.

Dos vinte títulos que compõem o PSI-20, 12 fecharam em baixa, dois ficaram inalterados face à cotação da véspera e seis fecharam em alta, numa sessão em que trocaram de mãos 35,8 milhões de títulos, no valor de 86,3 milhões de euros.

Liderando as subidas estiveram a EDP, que subiu 0,87% para 3,10 euros, e a Brisa, que avançou 0,29% para 6,80 euros.

Do lado das descidas, destaque para o BPI, que cedeu 1,99% para 2,30 euros, e para a Altri, que deslizou 1,49% para 3,83 euros.

A papeleira divulgou hoje, após o fechamento do mercado, que registrou um prejuízo de 12 milhões de euros nos nove primeiros meses do ano, face a lucros de 11 milhões no homólogo. No entanto, no terceiro trimestre, pela primeira vez este ano, a Altri registrou um lucro de 52 mil euros, ainda que inferior em 97,6% aos resultados do mesmo trimestre de 2008.

Na sessão de hoje, os setores energético e das telecomunicações destacaram-se pelo lado positivo, enquanto o setor financeiro negociou em terreno negativo.

Na energia, a EDP avançou 0,87% para 3,10 euros e a Galp subiu 0,12% para 12,48 euros.

Ainda no setor energético, a REN fechou inalterada nos 2,99 euros - no dia em que se soube que o juíz de instrução do processo Face Oculta determinou a suspensão de funções de José Penedos à frente da empresa -, enquanto a EDP Renováveis cedeu 0,82% para 6,52 euros.

Nas telecomunicações, a Sonaecom avançou 0,27% para 1,81 euros e o 'peso pesado' PT ganhou 0,23% para 8,10 euros.

A Zon contrariou o sentimento do setor e fechou 'no vermelho', registrando um recuo de 0,20% para 4,32 euros.

No setor bancário, o BPI recuou 1,99% para 2,3 euros, o BCP desvalorizou 1,07% para 0,92 euros e o BES perdeu 0,41% para 4,82 euros.

Nota ainda para a Cimpor, que fechou a cair 0,79% para 5,21 euros, no dia em que apresentou resultados dos primeiros noves meses do ano depois do fechamento do mercado.

Os lucros da cimenteira aumentaram 18,3% até setembro, para 178 milhões de euros.

Na Europa, à exceção de Lisboa, as bolsas negociavam todas em terreno positivo, com os ganhos a oscilando entre os 0,77% de Londres e os 0,51% de Madri.
Hospedagem: UOL Host