UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/11/2009 - 15h05

Estudo traça perfil do turista que visita o Norte português

Porto, 25 nov (Lusa) - A maioria dos turistas do Porto e do Norte de Portugal tem entre 31 e 40 anos, é casada, viaja com a família e possui formação superior, afirma um estudo do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT).

"Tem entre 31 e 40 anos, é casado, possui estudos de nível superior, aufere um rendimento entre 1.000 e 2.000 euros e, na esmagadora maioria dos casos, visita o Porto e o Norte de Portugal pela primeira vez", explicou o presidente do órgão, António Jorge Costa, em declarações à Agência Lusa.

Ele disse que "os turistas passam, em média, duas a três noites em hotel, sendo que quem fica em casa de amigos e família tem uma estadia mais prolongada, entre oito e 14 noites".

Segundo o responsável, "36% dos turistas optam por ficar hospedados em hotéis, sendo o Porto, Braga e Gaia as cidades preferidas para o alojamento".

O estudo "Perfil do turista que visita em lazer/férias o Porto e Norte de Portugal" revela que a grande maioria dos visitantes (84,2%) vai às duas regiões acompanhada, em grupos de duas a quatro pessoas.

"O Porto é um destino para casais e famílias", destacou o responsável do IPDT, que, nesta quarta-feira, apresentou o estudo realizado com base em 917 entrevistas presenciais no aeroporto Sá Carneiro, de março a setembro de 2008 e de junho a outubro deste ano.

"Visitar monumentos, experimentar a gastronomia típica da região, fazer compras e visitar as adegas do vinho do Porto são as atividades mais praticadas pelos turistas durante a estadia na região, gastando em média 843 euros (R$ 2.179, ao câmbio atual)", o que, segundo Jorge Costa, "é um valor extremamente interessante para um destino em consolidação".

Turistas internacionais

Os franceses, com 16,2%, lideram a lista de países emissores de turistas da região Norte que viajam de avião, seguidos dos alemães, com 13,8%, e dos belgas, com 10,6%.

De acordo com o estudo, a internet é a ferramenta utilizada por 54% dos turistas do Porto e Norte de Portugal para definir suas férias na região, enquanto apenas 23% recorrem a agências de viagem.

Jorge Costa explica que "é importante para os decisores da região terem em atenção o peso que a internet tem na marcação das férias e que a maioria dos turistas faz reservas com cerca de seis semanas de antecedência".

O estudo divulgado nesta quarta-feira revela que a companhia área TAP ainda está no topo das preferências dos turistas, com 27,1%, mas a de baixo custo Ryanair surge logo atrás, sendo escolhida por cerca de 25,9% dos visitantes.

Para passearem no Porto e na região Norte, os turistas alugam carros ou usam ônibus e trem.

Hospitalidade, simpatia e qualidade da hospedagem são os fatores mais apreciados. Por outro lado, os eventos esportivos e a pouca vida noturna são considerados pelos visitantes como os aspectos menos positivos.

Segundo Jorge Costa, o estudo "Perfil do turista que visita em lazer/férias o Porto e Norte de Portugal", desenvolvido pelo IPDT em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e com o aeroporto Francisco Sá Carneiro, vai ser apresentado às empresas do setor para que possam usar os elementos em suas estratégias de promoção e de atuação.
Hospedagem: UOL Host