UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/11/2009 - 10h39

Nível de crédito na zona do euro recua em outubro

Frankfurt, Alemanha, 26 nov (Lusa) - O crescimento da massa monetária na região de moeda única voltou a desacelerar em outubro e o número de empréstimos concedidos ao setor privado recuou pelo segundo mês consecutivo, segundo os dados divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central Europeu (BCE).

A massa monetária da zona do euro, que o BCE usa como medida da inflação futura, cresceu 0,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Trata-se da taxa mais baixa desde que os registros começaram em 1981. Antes disso, o indicador havia sido de 1,8% em setembro e 2,6% em agosto.

O crescimento verificado foi inferior à média das previsões dos economistas consultados pela agência de informações financeiras Bloomberg, que apontava para 0,8%.

Em média móvel de três meses (uma medida menos volátil), o crescimento do M3 estabeleceu-se em 1,6% no período agosto-outubro, contra 2,5% de julho a setembro.

O número de empréstimos concedidos ao setor privado recuou em outubro pelo segundo mês consecutivo, registrando uma baixa de 0,8% após um recuo de 0,3% em setembro.

Em comparação a agosto, os empréstimos baixaram 0,2 %.
Hospedagem: UOL Host