UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/11/2009 - 16h14

Turismo de saúde pode tirar setor da crise, crê executivo

Vilamoura, Faro, 26 nov (Lusa) ? O presidente do grupo português Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, admitiu nesta quinta-feira que a crise econômica mundial vai obrigar o setor turístico a "trabalhar mais" e sugeriu às agências de viagem que vendam novos produtos como o 'turismo de saúde'.

"Nós, não só o setor do turismo, vamos ter de trabalhar mais, porque as coisas vão ser mais difíceis" com a crise mundial, afirmou o executivo durante o 35º Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Agências de Viagens, que começou nesta quinta em Vilamoura (Algarve) e termina no sábado.

Para atrair mais turistas, Rebelo de Almeida lembrou que a área da saúde impulsiona muito o turismo e que os dois setores podem funcionar muito bem, principalmente no Algarve, onde há vários hospitais particulares de luxo que apostam nesse segmento.

O presidente do grupo Vila Galé reiterou que a saúde pode ser uma nova "forma de atrair turistas a Portugal" e estimulou as agências de viagem a tentar vender o produto 'turismo e saúde' no futuro.

"Temos de fazer uma viragem no modelo de promoção: têm que haver maior envolvimento em termos de geração de ideias, mas tem também de haver uma participação de financiamento", defendeu.

Ainda durante a sessão sobre 'Turismo: Vencer em Concorrência', Rebelo de Almeida pediu ao Estado para investir na revitalização dos centros das cidades.

"O Estado tem que investir na revitalização dos centros das cidades para os residentes e os turistas usufruírem, mas não apenas uma cosmética, tem que lhes dar vida", acrescentou.

Segundo o empresário, o grupo Vila Galé continua trabalhando "como se não houvesse crise".

"Temos até estado a trabalhar mais. Temos de puxar por novas ideias, porque ainda nos faltam clientes", acrescentou.

O 35º Congresso Nacional da APAVT termina no sábado com a presença do ministro da Economia, Fernando Vieira da Silva, na sessão de encerramento, marcada para 19h (hora local).
Hospedagem: UOL Host