UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 15h01

Petrolífera Sonangol vai ter US$ 1 bi para expandir operações

Luanda, 22 dez (Lusa) - O presidente do Conselho de Administração da petrolífera angolana Sonangol, Manuel Vicente, disse nesta terça-feira em Luanda que a empresa vai dispor de US$ 1 bilhão para expandir suas operações em 2010.

À margem da 155ª conferência extraordinária dos ministros dos Petróleos da Opep, em Luanda, Vicente, sem concretizar as prioridades dos investimentos em 2010, lembrou que a estatal angolana já está no Brasil e Iraque, onde ganhou recentemente, e em uma concorrência internacional, a exploração de dois campos no norte iraquiano.

Além disso, ele adiantou ainda que está avançando para o Equador, país que vai ocupar no ano que vem a presidência da Opep, deixada nesta reunião de Luanda por Angola, e está também bem posicionada em São Tomé e Príncipe.

?Já estamos no Brasil, estamos a tentar estar no Equador e em São Tomé, sim, estamos lá, mantemos uma muito boa cooperação com o Governo são-tomense e continuamos a desenvolver as nossas atividades no país?, disse Vicente.

O executivo afirmou ainda que a petrolífera está se preparando preparar para entrar em Bolsa ?mas não com uma oferta pública inicial?, e sobre a data para isso acontecer, apenas disse que: ?Vai depender de quando organizarmos as nossas contas?.

?Temos de colocar as nossas contas com os níveis internacionais e depois disso avançamos?, admitindo que isso possa acontecer em 2012.

Vicente garantiu que nos próximos 12 meses não haverá ronda de licitações para novos blocos porque a empresa está estudando este cenário.

?Não há razões para ter pressa, quando tivermos a situação devidamente analisada e estudada, então avançaremos para nova ronda de licitações?, concluiu.
Hospedagem: UOL Host