UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

09/09/2009 - 17h48

GSMA endossa Transmissão Móvel Integrada (IMB), novo padrão 3GPP que acelerará adoção global de dados móveis e serviços

Papel branco liderado pela GSMA fornece a operadores móveis, vendedores de infraestrutura e dispositivos uma estrutura comum para entregar serviços baseados em IMB LONDRES, 9 de setembro /PRNewswire/ -- A GSMA, que representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis, anunciou hoje que endossou um novo padrão 3GPP, a Transmissão Móvel Integrada (IMB), que permitirá que seus membros acelerem a adoção de dados móveis e serviços de transmissão em tudo o mundo. A IMB é uma tecnologia que possibilita a entrega espectralmente eficiente de serviços de transmissão, baseada em técnicas que estão grandemente alinhadas com o FDD WCDMA existente, mas permitindo também a implantação no espectro TDD. Isso permite a passagem suave entre a entrega de IMB e a tecnologia implantada existente.

Os operadores podem usar a IMB dentro de segmentos do espectro já alocados com muitas licenças 3G, mas que permaneceram sem uso devido   falta de tecnologia apropriada. Já que a IMB preenche os requisitos reguladores e espectrais necessários para serem implantados neste espectro, os operadores podem agora usar este bem valioso mas previamente não-ligado. A IMB também reutiliza muitos aspectos de tecnologias implantadas existentes como UMTS e Multimedia Broadcast Multicast Service (MBMS), significando um curto ciclo de desenvolvimento para inclusão em produtos, resultando num período mais rápido para comercializar para serviços de transmissão móvel como a TV móvel.

"A IMB foi criada através do esforço colaborativo da indústria móvel e oferece a operadores móveis a oportunidade de lançar novos serviços a seus clientes", disse Alex Sinclair, Executivo-Chefe de Tecnologia na GSMA. "A GSMA está feliz em endossar esta tecnologia e aguardamos ansiosamente ver os serviços avançados que a comunidade de operadores móveis implantará usando este novo e flexível padrão de transmissão móvel".

A GSMA também colaborou com importantes operadores como Orange, SingTel, Softbank, Telstra, T-Mobile e Vodafone para criar um papel branco neste novo padrão. O papel branco GSMA IMB Service Scenarios and System Requirements cobre a tecnologia em maiores detalhes, incluindo requisitos espectrais para implantação do serviço, capacidades que são exigidas para ser suportado na rede do operador e nos dispositivos e uma gama de exemplos de serviços que poderiam ser implementados usando IMB como a tecnologia de entrega subjacente. Em combinação com especificações 3GPP, o papel branco permitirá que fabricantes de infraestrutura e monofones desenvolvam implementações comuns da IMB, a qual, por sua vez, promoverá a adoção em massa através da geração de economias de escala e um ecossistema IMB.

O papel branco está disponível para download através do seguinte link: http://www.gsmworld.com/documents/GSMA_IMB_WP_final.doc Citações de apoio: "A IMB sendo um padrão 3GPP é parte da trilha de tecnologia mainstream da indústria, dando a maior vantagem em escala para a transmissão móvel. Como tal, a IMB está complementando a entrega de HSPA e MBMS existentes de rico conteúdo", disse Erik Ekudden, Vice-Presidente e Chefe de Tecnologia e Indústria da Ericsson.

"Exatamente como a HSPA alavancou o crescimento de serviços de banda larga móvel, a IMB representa uma tremenda oportunidade para operadores alavancarem seus investimentos de rede 3G para entregar serviços inovadores de transmissão móvel e lidar eficientemente com o significativo crescimento do vídeo em redes móveis. Como pioneira em transmissão 3G broadcast, a IPWireless aguarda ansiosamente fazer parceria com todo o ecossistema da indústria para acelerar as implantações de IMB", disse o Dr. Bill Jones, Diretor-Executivo da IPWireless.

"Nós, na Orange, testamos com sucesso uma variante inicial da tecnologia IMB. Achamos que ela melhorará a entrega de serviços de transmissão como a TV Móvel para nossos clientes", disse Philippe Lucas, Vice-Presidente de Padrões Internacionais & Relacionamentos com a Indústria da Orange.

"Temos muitos serviços novos e empolgantes, baseados na entrega de uma gama de videoclipes curtos para muitos de nossos assinantes, mas que não eram práticos de implementar no atual sistema unicast. A padronização da IMB nos dá maior encorajamento de que poderemos aumentar dramaticamente a qualidade e a variedade de tais serviços", disse Ted Matsumoto, Vice-Presente Executivo Sênior da Softbank.

"Acreditamos que a IMB pode oferecer a operadores um modo flexível e eficiente de administrar serviços de transmissão e de vídeo de alta demanda. A natureza da tecnologia permite a implantação como camada de cobertura ou mais incrementalmente para aliviar a capacidade   medida que a demanda cresce", disse Hugh Bradlow, Executivo-Chefe de Tecnologia da Telstra Australia.

Sobre a GSMA A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Abrangendo 219 países, a GSMA une quase 800 dos operadores móveis do mundo, bem como mais de 200 empresas no ecossistema móvel mais amplo, incluindo fabricantes de monofones, empresas de software, fornecedores de equipamentos, empresas de Internet e organizações de mídia e entretenimento. A GSMA está focada em inovar, incubar e criar novas oportunidades para seus membros, tudo com o objetivo final de orientar o crescimento da indústria de comunicações móveis. Para mais informações, por favor, visite: http://www.gsmworld.com FONTE GSMA 09/09/2009 CONTATO: Daniel Lowther da GSMA, +44-7747-636-687, press@gsm.org

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host