UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

17/09/2009 - 07h43

GSMA anuncia detalhes sobre concessões iniciais através do programa de dinheiro móvel para pessoas sem acesso a serviço

GSMA mais perto do objetivo de criar segurança financeira para 20 milhões de pessoas sem acesso a serviços bancários até 2012 LONDRES, 16 de setembro /PRNewswire/ -- A GSMA, a organização global que representa a indústria da telefonia celular de todo o mundo, anunciou hoje os detalhes das quatro primeiras operadoras que irão receber concessões do Fundo de Dinheiro Móvel para Pessoas Sem Acesso a Serviços Bancários (MMU - Mobile Money for the Unbanked), que é administrado pela GSMA Foundation, Inc., com apoio financeiro da Bill & Melinda Gates Foundation. As primeiras operadoras que irão receber as concessões são geograficamente diversas e incluem a AXIS na Indonésia, a Oi no Brasil, a Roshan no Afeganistão e a SMART Communications nas Filipinas.

"O escopo destes projetos é incrivelmente empolgante pois as operadoras irão não somente fornecer serviços de dinheiro móvel para aqueles sem acesso a serviços bancários, mas também terão a habilidade de melhorar a maneira pela qual comunidades inteiras vivem e realizam negócios, ajudando-as a alcançarem estabilidade, crescimento econômico e estimulando oportunidades empresariais", disse Gavin Krugel, Diretor da GSMA. "Estou muito feliz de estarmos trabalhando com estas e outras companhias pioneiras, na medida em que continuamos a lutar para criarmos segurança financeira e uma identidade para aqueles menos favorecidos de nossa sociedade e trabalhar para alcançarmos nosso objetivo de atingir 20 milhões de pessoas sem acesso a serviços bancários através dos serviços móveis até 2012". O projeto mDUIT da AXIS é uma implementação inteiramente nova na Indonésia e deverá ser lançado em dezembro. A AXIS tem uma oportunidade significativa de fornecer serviços bancários para aqueles sem acesso, através da telefonia celular na Indonésia já que somente 40 milhões da população total do país possuem contas bancárias, enquanto 90 milhões de consumidores possuem assinatura de telefones celulares. A AXIS irá oferecer uma série de serviços para os consumidores através dos telefones celulares, incluindo pagamentos, poupança e operações de crédito.

No serviço proposto, a operadora brasileira Oi pretende fornecer aos indivíduos que residem em comunidades de baixa renda e em áreas remotas, acesso a serviços bancários básicos e encorajar o desenvolvimento. O serviço proposto irá permitir que os indivíduos recebam fundos dos programas do governo, façam remessas domésticas e comprem produtos em lojas dos comerciantes participantes. Está sendo também considerada uma opção para saques.

A construção de uma rede de distribuição que possua a habilidade de crescer e de gerenciar os clientes em um país em guerra é o foco principal da operadora Roshan no Afeganistão. Atualmente, 97% dos afegãos não conseguem acessar os serviços bancários tradicionais pois 76% dos afegãos residem fora dos grandes centros urbanos. A M-Paisa irá fornecer serviços de dinheiro móvel para empreendedores rurais, mulheres, instituições públicas e privadas e aqueles em pobreza extrema.

O Programa de Ativações na Ilha da SMART Communications nas Filipinas, irá beneficiar aqueles residentes em ilhas remotas ou lugares do interior que estão isolados, possuem pouco ou nenhum acesso aos serviços financeiros e eletricidade limitada. O objetivo da SMART é construir economias remotas alcançando as pessoas com pouco ou nenhum acesso a serviços bancários e, desta forma, permitindo que os clientes enviem e recebam transferências de dinheiro, recarreguem suas carteiras eletrônicas, paguem contas ou enviem dinheiro através da plataforma SMART Money.

O programa MMU é apoiado por uma doação de US$ 12,5 milhões da Bill & Melinda Gates Foundation e trabalha com operadoras de telefonia móvel, bancos, instituições microfinanceiras, governos e organizações de desenvolvimento para encorajar a expansão de serviços financeiros móveis confiáveis e acessíveis para as pessoas sem acesso a serviços bancários. O Fundo MMU existe para acelerar a implementação dos serviços de dinheiro móvel cuja base da pirâmide de consumidores são aqueles sem acesso aos serviços bancários e está avaliando as inscrições de operadoras de todo o mundo.

Sobre a GSMA: A GSMA representa os interesses da indústria mundial de telefonia celular. Abrangendo 219 países, a GSMA une mais de 800 operadoras de telefonia móvel de todo o mundo, bem como mais de 200 companhias no amplo ecossistema móvel, incluindo fabricantes de aparelhos portáteis, companhias de software, fornecedores de equipamentos, companhias de Internet e organizações de mídia e entretenimento. A GSMA se concentra na inovação, incubação e criação de novas oportunidades para seus associados, todas com o objetivo final de impulsionar o crescimento da indústria das comunicações móveis.

Para mais informações, visite o endereço http://www.gsmworld.com FONTE GSMA 16/09/2009 CONTATO: Daniel Lowther da GSMA, +44-7747-636-687, press@gsm.org

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host