UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

23/09/2009 - 09h27

Tecnologia HSPA Mobile Broadband aproveita o forte impulso entre Empresas Globais

LONDRES, 23 de setembro /PRNewswire/ -- Uma pesquisa* encomendada pela GSMA entre 1000 empresas dos EUA, Europa e Ásia Pacífico revelou que a tecnologia HSPA Mobile Broadband (banda-larga móvel HSPA) está em crescente popularidade entre os tomadores de decisão em TI globais. A pesquisa revelou que um grande número de organizações mundiais recorre atualmente ao HSPA para conectividade banda-larga móvel quando comparado ao uso de WiFi. Das organizações pesquisadas, 36% dos gerentes e diretores TI e diretores executivos de informação do mundo todo empregam atualmente o HSPA como o principal meio de acesso dos empregados   banda-larga móvel. Com a expectativa de uma quase duplicação dos orçamentos da tecnologia móvel das empresas do mundo todo nos próximos doze meses, apoiar a mobilidade do empregado e impulsionar a produtividade do empregado estão entre as maiores prioridades para a equipe senior TI. O HSPA Mobile Broadband pretende se beneficiar muito disso com 24% das empresas globais esperando que a tecnologia se torne o padrão industrial nos próximos cinco anos. A pesquisa demonstra que, em média, 12,3% das forças de trabalho mundiais (por negócio) têm acessado   banda-larga móvel. Este número está previsto aumentar em 25% nos próximos doze meses, introduzindo milhões de usuários,   medida que as organizações pretendem aproveitar a melhor flexibilidade, conexões mais rápidas e ganhos em produtividade induzidos pela conectividade Banda-larga Móvel. "As descobertas fornecem uma perspectiva mundial bastante encorajadora para a penetração da tecnologia HSPA Mobile Broadband dentro das empresas", afirmou Michael O'Hara, Chefe de Fábrica da GSMA. "Os resultados demonstram claramente que as empresas estão interessadas em inovar e têm reconhecido a liberdade e flexibilidade que o HSPA Mobile Broadband possibilita." Uma vasta maioria das empresas pesquisadas revelou que, sobre o equipamento atualmente fornecido aos empregados, mais de 70% fornecem laptops, acesso VPN (Virtual Private Network) e muitas outras tecnologias de acesso remoto. Devido   mobilidade ter se tornado uma das opções tecnológicas mais importantes, o suprimento de desktops está em declínio. Isso fica mais comprovado pelo fato de que 59% das organizações globais terem fornecido internet sem fio aos seus empregados. Embora a perspectiva mundial para a tecnologia de banda-larga móvel empresarial pareça extremamente positiva, a pesquisa também revelou que apenas as maiores posições seniors (60% dos diretores e 62% dos administradores de empresa) e representantes de vendas de empresa (39%) recebem dispositivos de banda-larga móvel. "As empresas globais entenderam com clareza a importância da mobilidade e a liberdade e flexibilidade que o HSPA Mobile Broadband oferece", continua O'Hara. "À medida que o ecossistema global do HSPA continua a crescer em níveis sem precedentes, economias de escala avançadas tornarão o HSPA mais acessível, tanto pelo preço como pela perspectiva de cobertura. Isso fará com que a tecnologia se torne mais amplamente empregada dentro das empresas, pelos empregados em uma variedade de diferentes níveis". Notas aos editores *A pesquisa foi encomendada pela GSMA e conduzida pela Loudhouse. Mil organizações no total de tamanhos variados foram pesquisadas nos EUA, Europa e Ásia Pacífico. Uma análise minuciosa da pesquisa demográfica encontra-se disponível sob pedido. Sobre a GSMA A GSMA representa os interesses da indústria de comunicações de telefonia móvel no mundo inteiro. Com atividades em 219 países, a GSMA reúne mais de 800 operadoras de telefonia celular no mundo, bem como 200 empresas no ecossistema mais amplo da telefonia móvel, incluindo fabricantes de aparelhos celulares, empresas de software, fornecedores de equipamentos, empresas de Internet, e organizações de mídia e entretenimento. A GSMA é orientada   inovação, incubação e criação de novas oportunidades para seus membros, tudo isso com a meta final de direcionar o crescimento da indústria de comunicações por telefonia celular.

FONTE GSMA 23/09/2009 CONTATO: GSMA, Paul Nolan, Becky Kiely, Alexia da Silva, Ccgroup, mobilebroadband@ccgrouppr.com, +44-118-9207650

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host