UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 17h34

Assembléia anual da FELABAN traz principais líderes financeiros a Miami

Pela primeira vez, os maiores bancos da China discutirão interesses e perspectivas para a América Latina MIAMI, 6 de novembro /PRNewswire/ -- Em meio a uma perspectiva econômica ainda incerta, alguns dos mais respeitados nomes do mundo financeiro se reunirão em Miami nos dias 16 e 17 de novembro, para compartilhar suas opiniões e projeções para a economia e o setor financeiro.

As apresentações serão lideradas pela Dra. Nancy Lee, vice-secretária assistente para o Hemisfério Ocidental do Tesouro norte-americano. Seu histórico na região trará novas perspectivas sobre como a integração regional pode reduzir os obstáculos para investimentos domésticos e externos e oferecer incentivos para o crescimento.

A Assembléia Anual da FELABAN atrai a cada ano cerca de 2 mil banqueiros de mais de 50 países, e, pela primeira vez reunirá três dos maiores bancos chineses que negociam com a América Latina e dará destaque ao crescente interesse da China na região e vice-versa. Yung-Chang (Jim) Ho, diretor administrativo para a Grande China e Ásia OECD do Wachovia Bank, será o líder de um painel que terá a participação do Bank of China, do China Construction Bank, e do Agricultural Bank of China. O crescente fluxo comercial entre a América Latina e a China -- as exportações da América Latina para a Ásia dobraram em apenas uma década -- significam que "os negócios mudaram na região", de acordo com Pat Roth, diretora executiva da Florida International Bankers Association (FIBA), que organiza a conferência.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) também elegeu a Assembléia da FELABAN deste ano como plataforma para lançar uma inovadora iniciativa para a América Latina chamada "Além dos bancos: apostando na sustentabilidade global".

Todos os principais bancos internacionais do nosso hemisfério estarão presentes na Assembléia. Roberto Setúbal, presidente do Banco Itaú Unibanco, o maior banco da América Latina, e Rick Waugh, CEO do Scotiabank, representantes de dois dos bancos internacionais mais ativos na região, darão seu parecer sobre os desafios e oportunidades do cenário atual.

"Esta será uma Assembléia única", acrescentou Roth. "Nós temos um sistema bancário com relativa força e liquidez na maior parte da América Latina, o que significa que, desta vez, as regiões emergentes podem vir a ser as catalisadoras de uma recuperação global".

Para mais informações, visite www.asambleamiami.com .

FONTE FELABAN 06/11/2009 CONTATO: Maria Alejandra Ramirez, Newlink Communications, Mariaalejandra.ramirez@newlink-group.com, +1-305-532-7950; ou FIBA, +1-305-579-0086, fiba@fiba.net Web site: http://www.asambleamiami.com

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host