UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 22h53

ION estende programa sísmico BrasilSPAN em áreas altamente prospectáveis

Novos Dados Regionais da Costa do Brasil Destaca Laços Conjugados com a África Ocidental HOUSTON, 11 de janeiro /PRNewswire/ -- A ION Geophysical Corporation (NYSE: IO) anunciou hoje ter adquirido 28.000 quilômetros adicionais de dados sísmicos regionais cobrindo as bacias do sul de Santos, de Pelotas e do Nordeste Equatorial. A recente expansão para o programa BrasilSPAN(TM) o torna um dos maiores conjuntos de dados sísmicos 2D na biblioteca de dados multiclientes da ION BasinSPAN. O programa BrasilSPAN, contendo agora um total de 42.000 quilômetros, fornece   indústria de petróleo e gás o primeiro conjunto de dados contíguo da costa do Brasil, permitindo uma compreensão mais completa da geologia regional da Orla Atlântica da América do Sul e fornecendo informações pertinentes relacionadas   possível analogia de Tupi com os sistemas petrolíferos ao longo da África Ocidental.

A inclusão de Pelotas ao BrasilSPAN teve como objetivo permitir uma melhor compreensão das bacias do sul de Santos e de Pelotas, uma área relativamente sub-explorada, apesar da existência de uma espessa coluna de sedimentos. O conjunto de dados do 11.000 quilômetros de Pelotas, combinado com o programa CongoSPAN(TM) da ION na costa de Angola, deve fornecer aos geocientistas um entendimento mais profundo sobre a ruptura continental entre Brasil e África destacando os potenciais laços compartilhados no sul do Atlântico. Um adicional 17.000 quilômetros de dados foi adquirido ao longo da costa do Nordeste Equatorial do Brasil para melhor definir as orlas continentais do norte do Brasil. Esta expansão para o BrasilSPAN fornecerá a indústria o primeiro conjunto de dados migrados em profundidade da área e é significativo por causa das recentes descobertas ao longo das orlas conjugadas de Gana e Serra Leoa na África Ocidental.

Ken Williamson, vice-presidente sênior do grupo de Soluções Sísmicas Integradas da ION, comentou: "A expansão de nosso conjunto de dados BrasilSPAN pode fornecer a base para uma melhor compreensão do potencial de hidrocarbonetos ao longo da costa do Brasil e também pode dar dicas sobre a ruptura continental ao longo das orlas brasileira e da África Ocidental. Ao mesmo tempo em que ajuda a orientar as decisões exploratórias no Brasil, nosso conjunto de dados BrasilSPAN pode ainda ser extremamente importante para as operadoras de E&P na África pois revela incríveis semelhanças no quadro estrutural dos sistemas petrolíferos nos dois lados da Margem Atlântica. Por exemplo, resultados preliminares revelaram a existência de rochas capazes de gerar hidrocarbonos e uma variedade de potenciais mecanismos de armadilhas petrolíferas através da coluna geológica tanto na bacia de Santos no Brasil como nas bacias de Kwanza e do Baixo Congo de Angola".

Os dados de migração pré-empilhamento em tempo (PreSTM) e migração pré-empilhamento em profundidade (PreSDM) estão atualmente disponíveis para o programa Pelotas. Os dados PreSDM para a extensão Nordeste Equatorial devem estar prontos para serem entregues no primeiro trimestre de 2010.

Para saber mais sobre o programa BrasilSPAN da ION, acesse: www.iongeo.com/BrasilSPAN . Sobre a ION A ION Geophysical Corporation é um fornecedor líder em tecnologia geofísica, serviços e soluções para a indústria global de petróleo e gás. As ofertas da ION permitem aos operadores de E&P obter imagens do subsolo com melhor resolução para reduzir o risco da exploração e desenvolvimento do reservatório, e facilitar os empreiteiros sísmicos a levantar dados geofísicos de maneira mais eficiente. Informações adicionais sobre a ION estão disponíveis no www.iongeo.com .

As informações aqui incluídas contêm declarações prospectivas dentro do significado da Seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933 e a Seção 21E da Lei de Bolsas de Valores de 1934. Os resultados atuais podem variar fundamentalmente daqueles descritos nestas declarações prospectivas. Todas as declarações prospectivas refletem diversas suposições e envolvem um grande número de riscos e incertezas. Estes riscos e incertezas incluem fatores de risco que são revelados pela ION de vez em quando em suas petições na Comissão de Valores Mobiliários.

Contatos ION (Relações com os Investidores) Diretor Financeiro Brian Hanson, +1 281.879.3672 ION (Relações com a Imprensa) Diretora - Marketing Corporativo Karen Abercrombie, +1 713.366.7281 karen.abercrombie@iongeo.com FONTE ION Geophysical Corporation 11/01/2010 CONTATO: Brian Hanson, Diretor Financeiro, Relações com os Investidores, +1-281-879-3672, ou Karen Abercrombie, Diretora - Marketing Corporativo, Relações com a Imprensa, +1-713-366-7281, karen.abercrombie@iongeo.com, ambos da ION/

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host