UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/02/2010 - 10h01

NET divulga os Resultados de 2009

Divulgação de Resultados de 2009 São Paulo, 10 de Fevereiro de 2010 - A Net Serviços de Comunicação S.A. (BM&FBOVESPA: NETC3 e NETC4; Nasdaq: NETC; e Latibex: XNET), maior multi-operadora de serviços via cabo do Brasil e uma das maiores da América Latina com serviços integrados de TV por Assinatura (â??NETâ??), Vídeo Digital (â??NET Digitalâ??), Vídeo Digital em Alta Definição (â??NET Digital HDâ??), acesso bidirecional   Internet em Banda Larga (â??NET Vírtuaâ??) e Voz (â??NET Fone via Embratelâ??), anuncia hoje seus resultados do quarto trimestre de 2009 (â??4T09â?? Antecipando-se em 1 ano   exigência de reportar as demonstrações financeiras seguindo as orientações do IFRS, a Companhia passa a apresentar suas demonstrações financeiras consolidadas para o exercício findo em 31 de dezembro de 2009 seguindo o IFRS. A partir deste momento, a Companhia deixa de apresentar suas demonstrações financeiras consolidadas seguindo a LS e os princípios do U.S. GAAP.

Em novembro de 2009 a Net emitiu Notas no exterior no montante de US$ 350 milhões, com vencimento em janeiro de 2020 (â??Global Notes 2020â??). A Companhia poderá utilizar esses recursos para continuar executando sua estratégia de crescimento inorgânico, pré-pagar dívida existente ou ainda realizar investimentos corporativos em geral. Dada a crescente expansão dos serviços de banda larga dentro do portfólio de produtos, sua importância estratégica, expectativa de crescimento constante no longo prazo e os elevados custos para construção de rede própria, a NET investiu na contratação de Direito de Uso Irretratável e Irrevogável (â??Indefeasible Right of Useâ?? ou â??IRUâ??) de capacidade de transmissão da Embratel. O objetivo é garantir o direito de uso desta rede no longo prazo, de forma irrevogável e irretratável, para prestação de seu serviço de banda larga. Em contrapartida, a NET também firmou contrato de IRU que permite   Embratel a utilização da capacidade de transmissão em acessos locais em sua rede HFC (rede híbrida de fibra e cabo coaxial) para prestação do serviço de telefonia fixa. Esta transação aumenta a margem EBITDA da Companhia, pois uma parte do custo de Acesso   Internet passa a ser amortizado, como consequência do reconhecimento de um Ativo de Longo Prazo - â??Direito de Uso Pré-pagoâ??. Este contrato passou a vigorar em dezembro de 2009 tendo, portanto afetado o resultado em apenas um mês. A base de assinantes de TV por Assinatura totalizou 3.690 mil clientes no ano, 20% de crescimento em relação   base de 3.071 mil clientes apresentado em 2008. A base de clientes de Banda Larga encerrou o ano de 2009 com 2.882 mil clientes, 30% maior comparado a 2.217 mil clientes em 2008. O número de linhas em serviço ao final de 2009 era de 2.557 mil linhas, 42% maior em relação a 2008 quando era de 1.802 mil linhas. Esse crescimento demonstra que a atual estratégia de crescimento da Net mostrou-se novamente adequada   realidade do mercado brasileiro, que ainda apresenta um baixo nível de penetração e, portanto, oportunidades para continuar perseguindo crescimento nos mercados em que atua.

A Receita Líquida no 4T09 apresentou um aumento de 21%, passando de R$ 1.021,8 milhões no 4T08 para R$ 1.234,7 milhões. No acumulado do ano, o aumento foi de 25%, totalizando R$ 4.613,4 milhões comparado a R$ 3.690,4 milhões em 2008. O crescimento da base de assinantes foi o principal motivo para esse resultado.

Os Custos Operacionais foram de R$ 611,9 milhões no 4T09, um aumento de 29% em relação ao 4T08 que havia sido de R$ 475,6 milhões e encerrou o ano em R$ 2.274,9 milhões, um aumento de 30% em relação a R$ 1.749,4 milhões de 2008. Como percentual da receita líquida subiu de 46,5% no 4T08 para 49,6% no 4T09 e de 47,4% em 2008 para 49,3% em 2009. Os principais itens que contribuíram para este crescimento foram os custos relacionados ao acesso   internet, p rogramação e central de relacionamento. As Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas totalizaram R$ 266,1 milhões no 4T09, 2% superior comparado aos R$ 260,6 milhões do 4T08 e encerrou o ano em R$ 1.055,5 milhões, ficando 15% maior que em 2008, que havia sido de R$ 922,1 milhões. Como percentual da receita líquida, diminuíram de 25,5% no 4T08 para 21,6% no 4T09 e de 25,0% em 2008 para 22,9% em 2009. As Despesas com Vendas aumentaram 10% no 4T09 em relação ao 4T08 e 19% na comparação anual, seguindo a estratégia de crescimento e busca de novos mercados. Como percentual da receita líquida, diminuíram de 10,3% no 4T08 para 9,4% no 4T09 e de 10,6% em 2008 para 10,1% em 2009. As Despesas Gerais e Administrativas foram reduzidas em 10% no 4T09 comparado ao 4T08 e aumentaram 3% na comparação anual. Como percentual da receita líquida, passou de 15,1% no 4T08 para 11,2% no 4T09 e de 14,0% em 2008 para 11,5% em 2009, demonstrando que a Companhia tem conseguido manter suas despesas sob controle. O EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) foi de R$ 347,9 milhões no 4T09 com a margem EBITDA ficando em 28%. Quando comparado ao 4T08, que havia sido de R$ 274,5 milhões, este resultado é 27% superior. Essa elevação do EBITDA demonstra que a execução da estratégia de crescimento tem trazido um retorno adequado aos investimentos realizados. Desconsiderando-se o impacto do contrato de IRU, a margem EBITDA do 4T09 teria sido de 27%. No acumulado do ano, o crescimento apresentado também foi de 27%, passando de R$ 978,9 milhões em 2008 para R$ 1.242,2 milhões em 2009. No ano, o Capex totalizou R$ 1,1 bilhão, um aumento de 10% quando comparado a 2008, devido principalmente   aquisição de um volume maior de caixas de alta definição e a adequações na rede da ESC90 para início da oferta dos produtos NET. Ressalta-se que o Capex continua sendo, em sua maior parte, relacionado ao crescimento. Do total investido, a parcela variável representou 77% e foi destinada a compra de equipamentos e instalação de residências, ambos relacionados   aquisição de assinantes, e adequação de infraestrutura, como por exemplo, quebra de nós.

Próximos Eventos: 1. Teleconferência - Resultados do 4º Trimestre de 2009 Data: 10 de Fevereiro de 2010 IFRS (em Português): 10h00 (horário de Brasília) Telefone: (11) 4688-6361 Código: NET Replay até 16/02/2010: (11) 4688-6312 Código do Replay: 45894 IFRS (em Inglês): 11h00 (horário de Brasília) Telefone: +1 (412) 858-4600 Código: NET Replay até 18/02/2010: +1 (412) 317-0088 Código do Replay: 437012# Transmissão ao vivo pela internet: http://ri.netservicos.com.br 2. Datas Previstas para Divulgação dos Próximos Resultados 1º Trimestre de 2010 > 28 de Abril de 2010 2º Trimestre de 2010 > 20 de Julho de 2010 3º Trimestre de 2010 > 27 de Outubro de 2010 Contato de RI: Marcio Minoru Diretor de Mercado de Capitais e de RI Adriana Godinho Gerente de RI Maria Siqueira Analista de RI Sandra Firmino Santos Analista de RI Tel. +55 (11) 2111-2721 ri@netservicos.com.br http://ri.netservicos.com.br

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host