UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 12h16

A qualidade de dados e a metodologia são as principais preocupações em classificações de educação superior, de acordo c

Feedback de entrevistados apresentou oportunidade para aumento da utilidade de tabelas de classificação publicadas FILADÉLFIA e LONDRES, 11 de fevereiro /PRNewswire/ -- A Thomson Reuters, autoridade em análise de pesquisa e dados de citação de suporte   decisão por mais de meio século, anunciou hoje os resultados de uma pesquisa mundial com líderes de opinião em importantes instituições de pesquisa. O relatório da pesquisa, New Outlooks on Institutional Profiles (Novos Panoramas sobre Perfis Institucionais), captura opiniões da comunidade acadêmica global sobre os indicadores mais relevantes de competência e qualidade organizacional, bem como quais indicadores eles consideram importante e o que eles pensam que está errado com os métodos anteriores. As principais descobertas do relatório incluem: -- Os entrevistados geralmente sentiram que os sistemas de comparação analítica atuais tinham uma utilidade reconhecida. Cerca de 40 por cento em todo o mundo disseram que eles eram 'extremamente/muito úteis' e outros 45 por cento afirmaram que eram 'um tanto úteis'.

-- Os indicadores de dados e metodologia atualmente utilizados foram vistos como desfavoráveis por muitos, e houve uma preocupação disseminada sobre a qualidade dos dados na América do Norte e Europa.

-- A análise atual tende a favorecer países de fala inglesa. Embora o inglês continue sendo o idioma internacional para debates acadêmicos, sua penetração pode obscurecer a geografia em constante transformação da atividade acadêmica.

-- 74 por cento dos entrevistados acreditam que as instituições manipulam seus dados para subir nas classificações.

O relatório Novos Panoramas sobre Perfis Institucionais inclui dados de 350 entrevistados -- maior e mais diversificado que qualquer pesquisa anterior. Os resultados informarão a metodologia que circunda o Global Institutional Profiles Project (Projeto Global de Perfis Institucionais), a nova iniciativa da Thomson Reuters para desenvolver um banco de dados abrangente que mescle análise de pares, opiniões acadêmicas, modelos de citação, níveis de financiamento e características do corpo docente.

"Queremos criar os melhores e mais eficazes recursos para elaborar perfis para universidades e faculdades em todo o mundo", afirmou Jonathan Adams, diretor de avaliação de pesquisa da Thomson Reuters. "Esta pesquisa nos proporciona informações importantes sobre a opinião da comunidade sobre quais dados são relevantes e como eles devem ser priorizados em todo o nosso processo". Para ler o relatório completo, acesse http://science.thomsonreuters.com/m/pdfs/Global_Opinion_Survey.pdf . Para maiores informações sobre o Projeto Global de Perfis Institucionais, acesse http://science.thomsonreuters.com/globalprofilesproject .

Thomson Reuters A Thomson Reuters é a principal fonte de informações inteligentes para empresas e profissionais de todo o mundo. Combinamos conhecimento do setor com tecnologias inovadoras para proporcionar informações cruciais a importantes tomadores de decisões nos mercados financeiro, jurídico, tributário, contábil, científico, médico e de mídia, com o apoio da organização de notícias mais confiável do mundo. Com sede em Nova York e importantes operações em Londres e Eagan, Minnesota, a Thomson Reuters emprega mais de 50 mil pessoas em 100 países. As ações da Thomson Reuters estão listadas na Bolsa de Valores de Toronto (TSX: TRI) e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: TRI). Para maiores informações, acesse www.thomsonreuters.com .

FONTE Thomson Reuters 11/02/2010 CONTATO: Susan Besaw, departamento de Saúde e Ciência, da Thomson Reuters, +1-215-823-1840, susan.besaw@thomsonreuters.com

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host