UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 11h54

A Mitsui e a Inbicon assinam primeiro acordo de licenciamento para o refino de biomassa em etanol

FREDERICIA, Dinamarca, 1 de março /PRNewswire/ -- A Mitsui Engineering & Shipbuilding (MES), uma das companhias líderes da indústria pesada do Japão e a Inbicon, a pioneira dinamarquesa da tecnologia de etanol celulósico, anunciaram a assinatura de um acordo de licenciamento da tecnologia para Refinaria de Biomassa da Inbicon.

O acordo concede   Mitsui o direito de construir várias refinarias de biomassa no Sudoeste da Ásia utilizando a tecnologia da Inbicon. A Mitsui pretende aplicar a tecnologia na indústria do óleo de palma, onde os resíduos da produção do óleo de palma podem ser convertidos em etanol, biocombustível sólido para a produção de energia e ração animal. O acordo marca a primeira venda de licenciamento feita pela Inbicon.

Shunichi Yamashita, Diretor da Mitsui, disse: "Com este acordo, demos um importante passo em direção do estabelecimento de um negócio de engenharia de usinas para a produção de etanol da segunda geração no Sudoeste da Ásia. Já comprometemos um volume considerável de recursos no desenvolvimento deste novo negócio. Além disso, esperamos expandir a cooperação com a Inbicon em outros mercados".

Niels Henriksen, Executivo-Chefe da Inbicon, declarou: "Este é auge de nossa cooperação de um ano com a MES, que teve início quando testamos os resíduos de palma como matéria-prima. Durante o ano de 2009, desenvolvemos o relacionamento entre os funcionários da MES e os nossos e estamos muito orgulhosos por termos a MES como nossa primeira licenciada. A assinatura deste acordo posiciona a Mitsui na liderança. Consideramos isso como um significativo passo em direção de uma colaboração duradoura".

"O acordo é também um marco importante para a comercialização da tecnologia da Inbicon. Com os últimos avanços da tecnologia enzimática alcançados pelos principais fornecedores de enzimas, tais como a Danisco Genencor e a Novozymes, pretendemos agora tornar verdadeiramente prática a produção de larga escala de etanol de segunda geração em vários países de todo o mundo". A Mitsui Engineering & Shipbuilding é uma das maiores líderes da indústria pesada do Japão e tem sua sede em Tóquio. Suas atividades não estão limitadas   construção naval, mas também incluem os setores de meio ambiente, energia, produção, mecatrônica, informação, logística, usinas industriais, ciências médicas e entretenimento. http://www.mes.co.jp/english .

A Inbicon A/S desenvolve a tecnologia para a conversão e refino de biomassa lignocelulósica macia em combustível, ração e produtos químicos ecológicos. A companhia operava uma usina piloto desde 2003 e em dezembro de 2009 inaugurou sua primeira Refinaria de Biomassa da Inbicon em Kalundborg, na Dinamarca, para demonstrar sua tecnologia. A usina converte palha de trigo em etanol combustível, ração para animais e pellets de lignina para a produção de energia. Uma subsidiária da DONG Energy A/S. www.inbicon.com .

FONTE Inbicon 01/03/2010 CONTATO: Thomas Corle, +1-717-626-0557, tcorle@biopowered.biz

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host