UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 16h04

Estudo da KPMG: Empresas norte-americanas dominam campo como adquirentes de empresas de mercados emergentes na segunda

-- Aumenta número de aquisições por empresas de mercados emergentes, EUA e Austrália são principais alvos -- China permanece principal adquirente entre países de mercado emergente NOVA YORK, 8 de março /PRNewswire/ -- Empresas sediadas nos EUA lideram o mundo em conclusão de acordos de fusão e aquisição (M&A, merger-and-acquisition) de empresas de mercados emergentes ou de alto crescimento na segunda metade de 2009, quase triplicando o número de aquisições feitas pelo país segundo no ranking, de acordo com o mais recente estudo da KPMG Internacional: Emerging Markets International Acquisition Tracker (EMIAT - Rastreador de aquisições internacionais de mercados emergentes).

O estudo da KPMG revela que, na segunda metade de 2009, empresas sediadas nos EUA concluíram 71 aquisições em mercados emergentes e de alto crescimento, ao passo que empresas sediadas no Reino Unido adquiriram 25 empresas no mesmo período. Empresas norte-americanas e australianas foram o alvo mais popular de empresas dos mercados emergentes e de alto crescimento, com 16 aquisições em cada país.

Fonte: KPMG LLP

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host