UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/04/2010 - 16h02

Novo estudo descobre que três em dez mulheres tomam fármacos comuns contra câncer de mama para tratar infertilidade

Tratamento pode colocar o feto em risco; limitação do uso não aprovado poderia melhorar a segurança e poupar custos
SAN DIEGO, 9 de abril /PRNewswire/ -- Cerca de três em dez pacientes que usam letrozol (Femara®), medicamento comum para o tratamento de câncer da mama, apresentam probabilidade de tomar o medicamento para tratar infertilidade, de acordo com novo estudo apresentado hoje na 22a reunião anual da Academy of Managed Care Pharmacy em San Diego pela Prime Therapeutics (Prime), líder de opinião em gestão de benefícios farmacêuticos.

Letrozol é indicado para mulheres pós-menopáusica com câncer de mama positivo para receptor de hormônios. É prescrito fora das indicações aprovadas para o tratamento de infertilidade, embora tenha recebido risco de categoria D na gravidez, pela Food and Drug Administration (FDA), o que indica que o fármaco está associado a risco fetal humano.

Os pesquisadores da Prime e um dos clientes Blue Cross and Blue Shield (BCBS) analisaram dados de reclamações de aproximadamente 1,5 milhão de membros de dois planos BCBS comerciais entre julho de 2008 e junho de 2009 para determinar a frequência com que o fármaco está sendo usado para tratar infertilidade.

Source: Prime Therapeutics LLC

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host