UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 16h51

Estaleiro Atlântico Sul lança primeiro navio

Pernambuco, 6 de maio de 2010 - O Estaleiro Atlântico Sul (EAS) realiza sexta-feira (7), a cerimônia de Lançamento ao mar do seu primeiro navio e que é também o primeiro dos 22 petroleiros encomendados ao Estaleiro pela Transpetro, no âmbito do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef). A embarcação, do tipo Suezmax, tem 274 metros de comprimento e capacidade para transportar um milhão de barris de petróleo.
O lançamento é o ritual mais importante da construção de um navio. Para fazer a embarcação flutuar, o Dique do EAS, até então seco, é inundado com 24 horas de antecedência. Na cerimônia, a madrinha - a soldadora Josenilda Maria da Silva - quebra uma garrafa de champanhe no costado, faz um discurso desejando boa sorte   embarcação e procede ao Batismo.
O primeiro petroleiro do EAS receberá o nome de João Cândido, escolhido pelo Presidente Lula, em homenagem ao marinheiro negro que a Revolta da Chibata (1910). Cândido morreu pobre e esquecido em 1969. Quem receberá as homenagens será seu filho, Adalberto Cândido, o Candinho.
Após a cerimônia, o João Cândido vai para o cais de acabamento, para finalização da montagem; conclusão das áreas internas, incluindo instalações de móveis nas acomodações; testes de cais e provas de mar. A entrega da embarcação deve acontecer ainda este ano.
Estarão presentes na cerimônia, os Presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva; da Petrobras, Sergio Gabrielli, e da Transpetro, Sergio Machado, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ministros de Estado, parlamentares, prefeitos e secretários. Também participam do evento os 3,7 mil funcionários do EAS e 2,5 mil convidados.
Estaleiro
O Estaleiro Atlântico Sul, com capacidade de processamento de 160 mil toneladas de aço por ano e um terreno de 160 hectares, envolve investimentos de R$ 1,8 bilhão. Sua carteira de encomendas - com 22 petroleiros Suezmax e Aframax e o casco da plataforma P-55, da Petrobras - soma US$ 3,5 bilhões.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host