UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 23h38

Programa de melhoria de sustentabilidade do Empire State Building alcança o objetivo com a pontuação 90 do ENERGY STAR

Prédio histórico recebe o reconhecimento ENERGY STAR da Agência de Proteção Ambiental NOVA YORK, 27 de maio /PRNewswire/ -- O inovador trabalho de eficiência de energia no Empire State Building alcançou um marco em sua jornada pela liderança em sustentabilidade na comunidade imobiliária comercial ao receber a pontuação 90 do ENERGY STAR, programa da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. A designação para o Empire State Building significa que o desempenho de energia da propriedade está entre os dez por cento melhores de todos os edifícios comerciais de escritórios, novos e antigos, em toda a nação. Uma pontuação 90 do ENERGY STAR era o objetivo dentro da iniciativa, lançada em abril de 2009, de melhoria total de sustentabilidade na propriedade, um ícone mundial. O ENERGY STAR é um programa governamental de reconhecimento que oferece  s organizações acesso a recursos que ajudem a avaliar o desempenho de energia de seus prédios, a reduzir o uso de energia e a diminuir sua área global de emissão de carbono. Para obter o certificado, um número de objetivos estruturais e de produção de energia deve ser cumprido e verificado por um engenheiro licenciado. Apenas prédios com pontuação de 75 pontos ou mais (de um total de 100) são elegíveis para a certificação. Anthony E. Malkin, da Malkin Holdings, que coordena a operação deste ícone internacional em nome do proprietário da Empire State Building Company, declarou: "Receber um ENERGY STAR com a pontuação de 90 de um total de 100 é uma façanha significativa para qualquer prédio, e um feito especialmente revolucionário para nosso troféu pré-guerra, o Empire State Building". E acrescentou: "Com o projeto de melhoria de eficiência de energia geral do prédio ainda em andamento, poderemos obter um número ainda mais alto depois que todas as iniciativas estiverem completadas". Em abril de 2009, o presidente Bill Clinton, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e a equipe de parceria do Empire State Building, que consiste da Clinton Climate Initiative (Iniciativa Clinton do Clima), Johnson Controls, Jones Lang LaSalle e o Rocky Mountain Institute, anunciaram detalhes de uma melhoria de energia como parte de um programa de revitalização, avaliado em US$550 milhões. O projeto total tem como objetivo reinventar este ícone restaurando e recriando sua grandeza Art Deco e acrescentando melhorias de última geração, e ao mesmo tempo reduzir o consumo de energia, os custos operacionais e as emissões de carbono. E o mais importante é que o trabalho pioneiro desta equipe é um modelo reproduzível para projetos similares em todo o mundo.

Depois de completo em 2013, a melhoria de sustentabilidade de US$20 milhões deve reduzir o consumo de energia em mais de 38 por cento e economizará mais de US$4,4 milhões por ano. Alcançar uma alta pontuação do ENERGY STAR foi uma das metas iniciais destacadas pela equipe gerencial do ESB, e foi cumprida em menos de 13 meses. A melhoria compreende oito iniciativas principais: 1. Recondicionamento das janelas: Recondicionamento de aproximadamente 6.500 janelas de vidro com isolamento térmicos, usando vidros existentes e caixilhos para criar painéis de vidro triplo isolado com novos componentes que reduzem drasticamente a carga de calor do verão e a perda de calor no inverno. 2. Melhoria de isolamento do radiador: Adição de isolamento por trás dos radiadores para reduzir a perda de calor e aquecer de forma mais eficiente o perímetro do prédio. 3. Melhoria na iluminação dos espaços alugados, na luz natural e nos interruptores: Introdução de projetos de iluminação melhorados, controles de iluminação natural e interruptores com sensores para carga de ocupação em áreas comuns e nos espaços alugados, para reduzir os custos de eletricidade e cargas de resfriamento. 4. Substituição de unidades de tratamento de ar: Substituição de unidades d e tratamento de ar com ventiladores com unidade de freq¼ência variável para permitir maior eficiência energética em funcionamento, melhorando o conforto dos inquilinos individuais.

5. Melhoria da usina de resfriamento: Reutilizar os cascos dos resfriadores existentes, removendo e substituindo as "entranhas" para melhorar a eficiência e o controle do resfriador, incluindo a introdução de controladores de freq¼ência variável.

6. Melhoria do sistema de controle de todo o edifício: Atualização do sistema de controle de edifício existente para otimizar a operação de AVAC, bem como fornecer informações mais pormenorizadas de submedição. 7. Melhoria no controle de ventilacão: Introdução de ventilação com controle de demanda nos espaços ocupados, para melhorar a qualidade do ar e reduzir a energia necessária para condicionar o ar externo. 8. Sistemas de gerenciamento de energia para inquilinos: Introdução dos sistemas de uso de energia baseados na web, individualizados, para cada inquilino, para permitir uma gestão mais eficiente do uso de energia.

Além da certificação ENERGY STAR, o trabalho no Empire State Building se qualifica sob as normas em vigor para a certificação ouro LEED-EB, do United States Green Building Council (Conselho de Energia Verde para prédios dos Estados Unidos).

Sobre o Empire State Building Com seus imponentes 1.454 pés acima de Midtown Manhattan, o Empire State Building é o "Mais Famoso Prédio de Escritórios do Mundo". Com novos investimentos em infraestrutura, áreas públicas e conveniências, o Empire State Building tem atraído inquilinos de primeira classe dos mais diversos setores de negócios de todo o mundo. A robusta tecnologia de transmissão do arranha-céus dá suporte  s principais estações de rádio FM e televisões da área metropolitan de Nova York. O Empire State Building foi indicado como o prédio favorito da América numa pesquisa realizada pelo American Institute of Architects (Instituto Americano de Arquitetos). O Observatório do Empire State Building é uma das atrações mais procuradas do mundo e o principal destino turístico da região. Para mais informações sobre o Empire State Building, por favor, acesse http://www.esbnyc.com.

Contato: Edelman Public Relations, Daniel Hernandez Lyon, 212-277-3738, daniel.hernandez@edelman.com FONTE Empire State Building 27/05/2010 CONTATO: Edelman Public Relations, Daniel Hernandez Lyon, +1-212-277-3738, daniel.hernandez@edelman.com/
Hospedagem: UOL Host