UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 09h26

Prêmio Criação de Valor será entregue no dia 12 de Agosto

São Paulo, 26 de Julho de 2010 - A presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Maria Helena Santana, vai abrir a solenidade de entrega do "Prêmio Abrasca Criação de Valor", que este ano foi conquistado pela Cia. Hering. Outras 14 empresas serão agraciadas com o Prêmio "Destaque Setorial" em suas respectivas áreas de atuação.

A cerimônia será presidida pelo professor Luciano Coutinho, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e contará com a presença de representantes das principais entidades de classe, diretores de Relações com Investidores, empresários e analistas.

O evento acontecerá no dia 12 de agosto,  s 19 horas, durante um jantar no Espaço Gomes de Carvalho do Villa Bisutti, na Rua Gomes de Carvalho, nº 412 - Vila Olímpia, em São Paulo. Na solenidade será lançado também o Anuário Estatístico das Companhias Abertas-Edição 2010. O Prêmio é concedido   empresa que apresentou o melhor índice de criação de valor nos últimos três anos, sustentabilidade nos resultados e excelência em controle de riscos, transparência e atuação socioambiental. O objetivo da Abrasca é distinguir as companhias com boas práticas de governança corporativa, princípio defendido pela entidade e postura exigida das empresas pelo mercado.

Vencedores - A Cia. Hering foi eleita por um Comitê formado por 14 entidades do mercado como o melhor caso de criação de valor de 2009 ao criar 127% de valor aos seus acionistas ao longo dos últimos três anos. Os analistas, indicados pela Apimec-Nacional, que avaliaram os resultados da empresa atribuíram conceito excelente a todos os quesitos qualitativos da análise.

Os destaques setoriais foram conquistados pelas empresas dos seguintes setores: Banco do Brasil (Banco & Crédito); Gerdau S.A.(Siderurgia e Metalurgia); Totvs (Tecnologia da Informação); CCR Rodovias (Transporte & Logística); Braskem (Petróleo & Gás, Química & Petroquímica); Vale (Mineração); Randon (Máquinas e Equipamentos); Energisa (Energia Elétrica); Rossi Residencial (Construção Civil & Mercado Imobiliário); Drogasil (Atacado & Varejo); Copasa ( Saneamento e Serviços de Água e Gás); Vivo (Telecomunicações); Sul América (Serviços Financeiros) e Odontoprev (Serviços Médicos Hospitalares, Análises e Di A KPMG foi a empresa de auditoria responsável pela revisão e acompanhamento do Prêmio.

METODOLOGIA - Trata-se de uma metodologia inédita no Brasil, desenvolvida pela Universidade de Navarra, na Espanha, e adaptada pela GRC Visão para o Anuário Estatístico das Companhias Abertas, publicação editada pela Abrasca. Inicialmente, as empresas são selecionadas com base em dados quantitativos para identificar as que conseguiram os mais elevados percentuais de criação de valor em relação a seu market value, ao longo dos últimos três anos. Posteriormente são consultados analistas de investimentos que acompanham as empresas para obter avaliações sobre o trabalho que elas desenvolvem em áreas-chave como governança corporativa, relação com os acionistas e o mercado, política ambiental e atuação social. As finalistas são submetidas ao Comitê de Premiação, formado por 14 entidades do mercado de capitais, que indica a vencedora e os destaques setoriais. Este Comitê, que é soberano em seu voto, é composto por representantes das seguintes entidades: Amec, Anbima, Abrapp, Ancor, Adeval, Anefac, Apimec, BM&FBovespa, Fipecafi, Ibef, Ibgc, Ibracon, Ibri e Ini.
Hospedagem: UOL Host