UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/08/2010 - 11h38

Estatísticas sobre cirurgias plásticas em todo mundo disponíveis pela primeira vez

'Pesquisa Global da ISAPS' revela tendências nos procedimentos e predominância geográfica Procedimentos não cirúrgicos superam procedimentos cirúrgicos NOVA YORK, 9 de agosto /PRNewswire/ -- A Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (International Society of Aesthetic Plastic Surgery - ISAPS) é líder mundial em cirurgia plástica. Depois de um processo de um ano, a Sociedade produziu a chamada "ISAPS Biennial Global Survey(TM)", pesquisa mundial sobre cirurgiões plásticos e procedimentos nos 25 principais países e regiões- representando 75% de todos os procedimentos realizados em 2009. A Pesquisa da ISAPS é um marco porque reúne pela primeira vez dados confiáveis sobre cirurgia plástica em âmbito internacional e que foram obtidos e analisados por especialistas em estatísticas independentes. "Celebramos este ano o 40o aniversário de fundação da ISAPS", disse Foad Nahai, médico dos Estados Unidos e atual presidente da ISAPS. "A Sociedade foi fundada nas Nações Unidas por um grupo de cirurgiões plásticos proativos e comprometidos com seu trabalho. Não poderia haver forma melhor de comemorar esta data tão importante do que encomendar e divulgar esta pesquisa inovadora".

Tendências geográficas A Pesquisa Global da ISAPS revelou uma nova hierarquia de países onde a maioria dos procedimentos cosméticos cirúrgicos e não cirúrgicos foram realizados. Os Estados Unidos continuam dominando esta área, mas países nem sempre associados com a cirurgia plástica estão surgindo como centros importantes. Os 25 principais países e regiões são: 1. Estados Unidos 11. Argentina 21. Austrália 2. China 12. Rússia 22. Venezuela 3. Brasil 13. Itália 23. Arábia Saudita 4. Índia 14. França 24. Holanda 5. México 15. Canadá 25. Portugal 6. Japão 16. Taiwan 7. Coréia do Sul 17. Reino Unido 8. Alemanha 18. Colômbia 9. Turquia 19. Grécia 10. Espanha 20. Tailândia Observação: as estatísticas com todos os detalhes para todas as categorias mencionadas neste comunicado de imprensa e a metodologia completa estão disponíveis em: www.isaps.org Procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos mais populares Nos últimos dez anos, o consenso era de que o aumento de mama era o procedimento de cirurgia plástica mais popular. A Pesquisa Global da ISAPS revela uma nova tendência na qual a lipoaspiração representa 18,8% de todos os procedimentos cirúrgicos, seguida pelo aumento de mama, com 17%, e blefaroplastia (levantamento da pálpebra superior ou inferior), com 13,5%, rinoplastia (alteração do formato do nariz), com 9,4%, e abdominoplastia ("encolhimento da barriga"), com 7,3%. A popularidade dos procedimentos cirúrgicos variou entre os países, sendo que o Brasil, Estados Unidos, China, México, Índia e Japão são os países dominantes para os cinco principais procedimentos. Como reflexo dos avanços em inovações de cirurgias cosméticas e do desejo de tratamentos menos onerosos, o número dos procedimentos não cirúrgicos realizados por cirurgiões plásticos foi na verdade superior aos procedimentos cirúrgicos. Não existem informações anteriores que possam ser usadas para comparação com estes números, mas não há dúvida de que houve uma mudança dramática de cenário. Os cinco principais procedimentos não cirúrgicos são: injeções de neuromoduladores e toxinas (Botox, Dysport) (32,7%), injeções de ácido hialurônico (20,1%), remoção de pelos a laser (13,1%), injeções de gordura autóloga (retirada da gordura de uma parte do corpo do paciente e transferência para outra parte do corpo do mesmo paciente) (5 ,9%) e tratamento de IPL, luz pulsada intensa (4,4%). Os procedimentos não cirúrgicos foram mais realizados nos Estados Unidos, Brasil, México e China e, em menor escala, Japão, Hungria, Coréia do Sul, Índia e Alemanha. Totais gerais - finalmente uma base de dados confiável A Pesquisa Global da ISAPS apresentou também várias estatísticas importantes relativas ao número total de cirurgiões plásticos credenciados por Sociedades de Cirurgia Plástica (ou com o credenciamento equivalente nos seus respectivos países) que estão atuando atualmente, estimados em 30.817. A previsão do número total de procedimentos cirúrgicos foi 8.536.379 e o número de procedimentos não cirúrgicos foi estimado em 8.759.187 - o que eleva o total mundial combinado de procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos realizados por cirurgiões plásticos credenciados para 17.295.557. (Este número não inclui os procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos realizados por aqueles que não são cirurgiões plásticos) O Dr. Jan Poell, da Suíça, e próximo presidente da ISAPS, comentou que "As estatísticas reveladas pela Pesquisa Global da ISAPS compõem o primeiro banco de dados confiáveis neste setor. Essas informações são importantes e serão usadas pelos profissionais de saúde e pela mídia como uma ferramenta indispensável para calcular os desenvolvimentos dentro das tendências gerais e nas nossas especialidades, muito antes de os governos ou a indústria reunirem esses dados". Metodologia "Calcular os procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos no campo da cirurgia plástica em todo o mundo foi uma iniciativa complexa e repleta de desafios", observou o Dr. Sampaio Góes, do Brasil, que já foi presidente da ISAPS e diretor do Comitê de Comunicações da ISAPS, que supervisionou esta Pesquisa. "Escolhemos uma companhia de pesquisas respeitada e com muita experiência em cirurgia plástica, e os resultados obtidos são confiáveis, cientificamente importantes e vão influenciar a profissão nos próximos anos". A Pesquisa da ISAPS, a Biennial Global Survey, foi compilada, tabulada e analisada pela Industry Insights, Inc. (www.industryinsights.com), uma companhia de pesquisas independente com sede em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos. O líder da Pesquisa foi Scott Hackworth, Contador Público Credenciado que, com a companhia, já realizou vários outros tipos de pesquisa de tendências em Cirurgia Plástica Estética durante quase 15 anos. Os participantes da Pesquisa responderam a um questionário de duas páginas, que usou como base o formulário em inglês e se concentrou no número de procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos que realizaram em 2009. A ISAPS emitiu uma chamada para participação no estudo para cerca de 20.000 cirurgiões plásticos cujas informações para contato estão reunidas em um banco de dados que pertence   ISAPS. Além disso, pediu-se que todas as Sociedades Nacionais encorajassem seus membros a participarem da pesquisa. Os números finais foram projetados para refletir as estatísticas internacionais e baseiam-se exclusivamente no número estimado de cirurgiões plásticos em cada país. Para ajudar a fazer o levantamento do número de cirurgiões plásticos em todo o mundo, representantes de Sociedades Nacionais forneceram suas informações para mais de 75% do total de 31.000 cirurgiões plásticos estimados. Apesar de os intervalos de confiança variarem de acordo com o procedimento e com o país - dependendo do tamanho da amostragem e da variação da resposta de cada um -, a porcentagem geral da pesquisa deste estudo apresenta um erro padrão de +/- 4,24% a um nível de 95% de confiança. Congresso da ISAPS 2010: Esta Pesquisa está sendo divulgada próximo ao 20o Congresso Bianual da ISAPS, que será realizado em 14 a 18 de agosto, em San Francisco, Califórnia, Estados Unidos. Para obter mais informações sobre o Congress o ou para obter credenciais e/ou contato para informações de acompanhamento, contate credentials@conmx.net. Para maiores informações ou para marcar uma entrevista com um especialista da ISAPS, contate: tony@conmx.net Nota para os jornalistas: Agradeceríamos se vocês citassem o web site da ISAPS, um site de serviços para o consumidor, não comercial e com conteúdo informativo, para que outras pessoas possam ver detalhes completos da Pesquisa da ISAPS, a Biennial Global Survey. www.isaps.org FONTE International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS) 09/08/2010 CONTATO: Tony Staffieri, International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), tony@conmx.net
Hospedagem: UOL Host