UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

  • Imagem:

05/12/2011 - 06h00

Promoções de Natal dão bicho de pelúcia, carro de luxo e até franquia de loja

Aiana Freitas
Especial para o UOL Economia, em São Paulo

Ursos de pelúcia, refrigerantes grátis por um ano, carros populares e de luxo, apartamento e até franquia de loja. Mais uma vez, o varejo aposta em uma série de promoções e sorteios para atrair os consumidores neste Natal.

Os automóveis serão a grande atração nos shopping centers pelo país. Veículos de luxo das montadoras Hyundai, BMW e Audi estão entre os prêmios que os clientes poderão ganhar participando de sorteios.

O Shopping Vila Olímpia, em São Paulo, por exemplo, sorteia seis automóveis: um Veloster (Hyundai), um Pajero Dakar (Mitsubishi), um XC60 (Volvo), um 320i (BMW), um C180 (Mercedes-Benz) e um Freelander (Land Rover). Para concorrer, o cliente precisa juntar R$ 400 em notas de compras.

No Eldorado, é preciso gastar pelo menos R$ 600 para concorrer a um dos cinco veículos J6 Diamond, da Jac Motors, que serão sorteados.

Um apartamento avaliado em R$ 220 mil será o prêmio dado aos clientes que participarem de sorteio no Shopping Taboão, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

Promoções aumentam valor das compras

"Muitos lojistas até reclamam quando o shopping não faz esse tipo de campanha", diz o professor de marketing da Faap (Fundação Armando Álvares Penteado) Richard Vinic. "É uma forma de aumentar o valor das compras, já que o cliente precisa gastar determinado valor para concorrer aos prêmios."

Para Vinic, no entanto, a decoração natalina e a variedade de lojas são motivos mais fortes para fazer o consumidor gastar mais nos shopping centers. "Os consumidores são mais atraídos pela experiência", diz. "A decoração interativa gera um fluxo maior de pessoas pelos corredores."

Alguns shoppings vão dar presentes bem mais modestos. Para compensar, não precisa de sorteio, basta gastar um valor mínimo. Quem juntar R$ 500 em notas no Shopping Pátio Paulista, no Paraíso (região central de São Paulo) por exemplo, ganha uma garrafa de espumante Baby Chandon em uma embalagem de presente.

"Dar prêmios de menor valor pode ser mais interessante porque é uma estratégia que atinge um número maior de consumidores", diz Richard Vinic.

Rede de lojas de chocolate sorteia franquia da marca

Além dos shoppings, a estratégia de premiar o consumidor será usada também pela rede de lojas de chocolates finos Kopenhagen.

A empresa aposta no sonho de muitos brasileiros de terem um negócio próprio para sortear uma franquia da loja, estimada em R$ 350 mil.

Veja mais

Hospedagem: UOL Host