UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/08/2012 - 20h09

Brasil cai para 5º no ranking dos maiores juros reais do mundo

Do UOL, em São Paulo

Depois de ser, durante anos, o campeão dos juros reais entre as principais economias do mundo, o Brasil caiu agora para a quinta posição nesse ranking, com taxa de 1,8%. Os dados foram levantados pelo analista econômico da Cruzeiro do Sul Corretora / Apregoa.com, Jason Vieira.

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira (29) que a Selic (taxa báxica de juros nominais) foi reduzida 0,5 ponto percentual, de 8% para 7,5%. A diferença entre 7,5% e 1,8% ocorre porque os juros reais descontam a inflação projetada para os próximos 12 meses.

"Com a continuidade do processo de cortes de juros e a pressão de alimentos nos índices de preços, a tendência do Brasil é se afastar cada vez mais das primeiras posições como país mais atraente aos investimentos em renda fixa no mundo", diz o analista.

Quem lidera o ranking é a China, com 4,1% de juros reais. Em segundo lugar está o Chile, com 2,4%. 

Na outra ponta, o país com as menores taxas de juros reais no ranking é Cingapura, com -3,8% ao ano. A segunda menor taxa é a da Venezuela, com -3,5%. Depois vem Turquia, com -3%.
 
A pesquisa de juros reais não inclui todos os países do mundo, mas 40 economias relevantes.

Veja mais

Hospedagem: UOL Host