UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

15/01/2007 - 07h51

PANORAMA1-Semana tem decisão de juro no Japão e fala de Bernanke

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 15 de janeiro (Reuters) - A semana começa tranquila, com um feriado em homenagem a Martin Luther King nos Estados Unidos e exercício de opções na Bovespa. O resto dela, entretanto, conta com eventos importantes, como dados de inflação nos EUA, decisão do Banco do Japão sobre juro e testemunho do chairman do Federal Reserve ao Senado.

Os dados devem ajudar a balizar as expectativas do mercado para o juro norte-americano, depois que números divulgados ao longo das últimas semanas indicaram que a economia está mais forte do que inicialmente esperado, reduzindo as apostas em corte do juro num futuro próximo.

A agenda começa a esquentar na quarta-feira, com o relatório de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês), produção industrial, Livro Bege e dados de moradia, todos nos Estados Unidos.

Na quinta-feira, o BC japonês redefine o juro, que deve ser elevado em 0,25 ponto, para 0,5 por cento. Nos EUA, saem mais dados do setor imobiliário e preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês).

Ainda na quinta, Bernanke fala ao comitê de Orçamento do Senado. Alguns membros do Congresso têm dito que gostariam de ver o chefe do Fed tendo papel mais proeminente no aconselhamento de questões orçamentárias.

"A percepção é de que a economia está se expandindo e que o mercado imobiliário está saindo do poço... essa percepção é muito forte agora e provavelmente não será mudada pelos dados da semana. Se houver mudança, será no sentido de reforçar isso", disse Tony Crescenzi, estrategista-chefe de bônus da Miller, Tabak & Co, em Nova York.

A semana conta ainda com a divulgação de alguns resultados do quarto trimestre. Aqui teremos Pão de Açúcar <PCAR4.SA> e VCP <VCPA4.SA>. Nos Estados Unidos será a vez de Intel <INTC.O>, Apple <AAPL.O>, JP Morgan <JPM.N>, Merrill Lynch <MER.N>, Citigroup, General Eletric <GE.N> e Motorola.

Para ler a agenda do dia, clique [nN12466533]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,142 reais, com baixa de 0,19 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário ficou em 2,58 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em alta de 1,0 por cento, a 43.094 pontos. O volume financeiro foi de 2,88 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 1,48 por cento, aos 21.864 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam sem tendência comum na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI fevereiro de 2007 --indicador da próxima Selic-- se manteve em 13,05 por cento, enquanto o DI janeiro de 2008 subiu a 12,43 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, cedeu levemente, para 132,250 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 6,11 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 2 pontos, para 194 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 171 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caiu e o rendimento avançou a 4,78 por cento, ante 4,74 por cento no final da quinta-feira.

(Reportagem adicional de Nathália Ferreira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host