UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

12/02/2007 - 18h51

PANORAMA2-Ação do BC faz dólar subir pelo 4o dia, Bovespa recua

Por Nathália Ferreira

SÃO PAULO, 12 de fevereiro (Reuters) - A atuação mais firme do Banco Central impulsionou o dólar pela quarta sessão consecutiva nesta segunda-feira, enquanto a Bolsa de Valores de São Paulo seguiu o mercado externo e fechou em baixa, em dia de exercício de opções.

O BC vem comprando mais dólares nos leilões no mercado à vista desde quarta-feira passada, depois que a moeda norte-americana caiu a 2,08 reais, segundo operadores.

De acordo com Carlos Alberto Postigo, operador de câmbio da Action Corretora, o mercado calcula que o BC adquiriu em torno de 1,8 bilhão de dólares em três dias da semana passada. As reservas internacionais subiram 1,93 bilhão de dólares em toda a semana.

"(O BC) acabou sendo o fator preponderante. De resto, o cenário está basicamente o mesmo", comentou o operador.

Nesta terça-feira, o BC faz um leilão de swap cambial reverso, mantendo a estratégia de rolar vencimentos de início de mês. O BC ofertará o equivalente a 495 milhões de dólares, frente ao vencimento de 450 milhões de dólares no dia 1o de março.

A bolsa paulista monitorou as perdas nos mercados acionários internacionais e fechou no vermelho, com Bradesco <BBDC4.SA> e CCR <CCRO3.SA> liderando o recuo.

O Bradesco anunciou lucro de 1,62 bilhão de reais no quarto trimestre de 2006, ligeiramente abaixo do esperado, mas teve resultado recorde em 2006.

As ações da Petrobras <PETR4.SA> também caíram, acompanhando o declínio dos preços do petróleo. Em Nova York, o contrato para março fechou com queda de mais de 2 dólares, o que também contribuiu para as perdas nas bolsas de valores norte-americanas.

O exercício de opções na Bovespa inflou o volume financeiro, movimentando cerca de 1,1 bilhão de reais, acima do giro de 923 milhões de reais do exercício de janeiro. O volume total da bolsa superou 4 bilhões de reais.

Veja como encerraram os principais mercados nesta segunda-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,114 reais, com alta de 0,24 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário foi de 2,66 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em baixa de 0,79 por cento, a 43.934 pontos. O volume financeiro foi de 4,398 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

Perto do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros recuava 1,31 por cento, aos 22.329 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 recuou a 12,19 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 cedeu para 12,03 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 132,375 por cento do valor de face no fim da tarde, oferecendo rendimento de 6,07 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 2 pontos, para 182 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 169 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, cedia e o rendimento avançava a 4,81 por cento, ante 4,79 por cento no final da sexta-feira.

(Reportagem adicional de Juliana Siqueira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host